O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro emitiu alvará de soltura para Marcelo Benevides Silva, que assediou a repórter Jéssica Dias, da ESPN, durante uma entrada ao vivo no Sportcenter, antes do jogo entre Flamengo e Vélez Sarsfield-ARG, no Maracanã.

O torcedor responderá em liberdade e terá que cumprir algumas regras. Entre eles, não poderá sair do Estado sem autorização judicial, além de não poder entrar em contato com a jornalista.

Marcelo deu um beijo no rosto de Jéssica, foi preso em flagrante logo em seguida e o Juizado Especial Criminal manteve a prisão e a converteu em preventiva na audiência de custódia.

Seu advogado disse que o cliente não cometeu crime e que o beijo foi “fraternal” para participar da reportagem “com felicidade”.

A jornalista se pronunciou nesta quinta-feira (8) e revelou que já vinha sendo molestada com xingamentos e beijos no ombro fora do ar, antes de ser beijada no rosto ao vivo por Marcelo.