O Flamengo segue fazendo história no Campeonato Estadual de Futebol Amador 2018. Depois de perder o jogo de ida por 1 a 0 para o Rio de Ouro, de Itajaí, fora de casa, o time jaraguaense conseguiu reverter a desvantagem em seus domínios na última sexta-feira (12).

Após vencer no tempo normal por 2 a 1, o rubro-negro foi mais eficiente nos pênaltis e contou com a estrela do goleiro Rodrigão para triunfar por 4 a 3, no estádio Luís Carlos Ersching, e garantir uma vaga na grande final do torneio.

Precisando da vitória, o Flamengo começou em cima do adversário e conseguiu abrir o placar aos 14 minutos, com Naldo.

Apesar de chegar a igualdade no agregado, os donos da casa continuaram melhor na partida e ampliaram aos 28, com Bob. O segundo gol flamenguista fez os itajaienses acordarem, tanto que, aos 32 minutos, Diguinho diminuiu.

Lance do jogo | Foto: Lucas Gabriel Cardoso/O Cancheiro

A partir daí, o duelo ficou morno até o apito final, mesmo após uma confusão generalizada ainda no primeiro tempo, quando dois jogadores do Flamengo - Mano e Nininho -, e dois do Rio do Ouro – Luisinho e Diguinho -, além do técnico rubro-negro Chico, foram expulsos.

Assim, a partida se arrastou até as penalidades, quando Rodrigão brilhou ao defender três cobranças para colocar o Fla em uma final inédita da competição.

Agora, a equipe de Jaraguá do Sul disputará o título contra o Metropolitano, de Nova Veneza, que venceu os dois jogos da semifinal sobre o Grêmio Cachoeira, de Florianópolis. A partida de ida acontece no dia 2 de novembro, em Jaraguá do Sul, e a volta, no dia 10, em Nova Veneza.

O rubro-negro busca seu primeiro caneco no Catarinense Amador, enquanto o Metropolitano almeja o tricampeonato.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?