O retorno a final do Campeonato Jaraguaense da Primeira Divisão após cinco anos, terminou de forma gloriosa para o Flamengo. Campeão nas temporadas 2003 e 2004, o rubro-negro voltou a levantar a taça da competição, na tarde de domingo (3). A conquista não foi nada fácil, é bem verdade. Depois de vencer o jogo de ida, em casa, por 4 a 1, o time do bairro Garibaldi perdeu para o Cruz de Malta na volta, pelo placar de 3 a 0, em um Estádio Eurico Duwe lotado. Mas na disputa por pênaltis, os flamenguistas foram mais eficientes e garantiram o tricampeonato ao triunfar por 3 a 2. Com a desvantagem sofrida na primeira partida, o Cruz de Malta fez o que precisava no tempo normal. Jogando diante da sua torcida, a equipe comandada pelo técnico Alex Moraes dominou o Flamengo e construiu uma vitória de certa forma tranquila por 3 a 0, com gols de Cleitinho, Kelvin e Maba, levando a disputa para as penalidades. Porém, na hora mais decisiva, os cruzmaltinos desperdiçaram três cobranças e viram o rubro-negro comemorar o título após perderem apenas uma. “Jogamos mal, mas fomos felizes nos pênaltis e saímos campeões. Isso mostra um grupo forte e unido, mostrando que era para ser o ano do Flamengo. Depois de uma longa espera, voltamos a triunfar e fico feliz, porque vejo que o nosso trabalho foi recompensado”, disse Chico, técnico do Flamengo. “Esse título veio para coroar os 25 anos de história do Flamengo, que fechou a tríplice coroa (campeão do Veterano, Segundona e Primeirona). Então a família Flamengo só tem que agradecer por tudo e estão todos de parabéns”, destacou Tiago Elizio, jogador e presidente do rubro-negro. Além do título, o Flamengo teve a defesa menos vazada do certame, enquanto o artilheiro foi o atacante Kelvin, do Cruz de Malta. Se na categoria Titular, o Cruz de Malta teve o sonho do 13º título adiado, no Sub-20, o time cruzmaltino sagrou-se campeão. Depois de bater o Botafogo por 3 a 1 na ida, a equipe confirmou a conquista, em casa, ao ficar no empate em 1 a 1. Além disso, dominou as premiações individuais, tendo a defesa menos vazada e Derick como artilheiro da categoria.