Com o fim da Libertadores de 2022 no último sábado (29) após o título do Flamengo sobre o Athletico-PR, no Equador, a Conmebol começa a projetar a edição do ano que vem e sua possível sede da final.

A Colômbia vinha sendo especulada como a favorita para receber o jogo único, porém, a entidade sul-americana planeja levar a decisão para um local mais ‘central’ para atender melhor os torcedores, clubes e parceiros das equipes finalistas.

Com isso, São Paulo e o estádio do Morumbi, que tem capacidade para 66.795 torcedores, ganharam força ultimamente, conforme informações do portal Uol.

Para os representantes da Conmebol, a cidade mais populosa do Brasil seria ideal para conceder aos parceiros a possibilidade de divulgarem as marcas com ativações e pela maior facilidade de acesso, mesmo que não tenha nenhuma equipe brasileira na final.