Após ter seus jogos adiados na semana passada em respeito ao falecimento do presidente do Cruz de Malta, Arildo Muller, o Campeonato Jaraguaense da Primeira Divisão será retomado neste domingo (26), com os duelos de ida da final. De um lado, a única equipe invicta na atual edição e maior campeão da história do certame. Do outro, o detentor do título da Segundona de 2017 e que retorna a final da Primeirona após cinco anos. São com estes ingredientes que Cruz de Malta e Flamengo iniciam a disputa pelo caneco da competição, a partir das 16h, no Estádio Luís Carlos Ersching. Com 12 títulos no seu hall de conquistas no certame, o Cruz de Malta chega a final como favorito após obter uma campanha perfeita até aqui. A equipe do Rio da Luz venceu seus quatro jogos na primeira fase, sendo um sobre o próprio Flamengo por 2 a 1, no dia 15 de outubro, além de eliminar o João Pessoa na semifinal com triunfos por 1 a 0 e 3 a 1. “A expectativa é ótima. Viemos de uma bela campanha, conseguindo encaixar bons jogos e surtindo resultados de forma positiva. Esperamos fazer boas partidas frente ao Flamengo, com um time organizado e anulando os pontos fortes do adversário para conseguir um bom resultado”, disse Alex Moraes, técnico do Cruz de Malta.
Após passar pelo Botafogo na semifinal, Flamengo (vermelho e preto) almeja terceiro taça de sua história I Foto: Lucas Pavin/Agência Avante!
Já o Flamengo volta à decisão após cinco temporadas de ausência. Campeão em 2003 a 2004, o rubro-negro quer acabar com a hegemonia cruzmaltina para alcançar o seu tricampeonato. Em sua trajetória na atual edição, o time do bairro Garibaldi terminou a fase classificatória na vice-liderança, com dois triunfos, um empate e um revés. Na semifinal, os flamenguistas tiveram dificuldades, mas passaram nos pênaltis sobre o Botafogo, após vencer na ida e perder na volta. “A expectativa para este domingo é muito grande. Os jogadores estão motivados pelo clube voltar a final da competição. Jogando em casa temos que fazer prevalecer o fator campo para trazer o regulamento a nosso favor e levar uma vantagem para o campo do Cruz de Malta”, afirmou Chico, treinador do Flamengo. Pouco antes do duelo entre Cruz de Malta e Flamengo acontece a primeira final da categoria Sub-20, entre Botafogo e Cruz de Malta, às 14h, com mando botafoguense. Os confrontos de volta em ambas as categorias estão previamente marcados para o dia 3 de dezembro, no Estádio Eurico Duwe. Arsepum recebe semifinais do Varzeano O Campeonato Varzeano de Jaraguá do Sul também vai chegando na sua reta final e irá conhecer na tarde deste sábado (25), os finalistas da 35ª edição. Das 27 equipes que iniciaram a corrida pelo ‘Troféu Raul Valdir Rodrigues’, o Guarany, Meninos de Ouro, Brandenburg e Tecnopan/ABF Mecânica/Verdi & Oelke obtiveram as melhores trajetórias e jogam no campo da Arsepum, buscando um lugar na grande decisão do certame. A primeira semifinal está marcada para às 14h, envolvendo Meninos de Ouro e Guarany, equipes que estão invictas até o momento. Líder da Chave F na fase classificatória, com duas vitórias e um empate, o Guarany chegou a esta etapa ao vencer o Valencia nas oitavas de final, e Vitória nas quartas, mantendo vivo o sonho do bicampeonato, já que foi campeão em 2015. Do outro lado, o Meninos de Ouro aparece como a grande sensação da atual edição do torneio. Em seu ano de estreia, a equipe passou pela primeira fase como líder da Chave B, com dois triunfos e um empate. Depois, eliminou no mata-mata o Santo Antônio e Nacional, respectivamente.
Tecnopan (azul e preto) é o único semifinalista do Varzeano com 100% de aproveitamento I Foto: Lucas Pavin/Agência Avante!
Na outra semi, a bola rola a partir das 16h para Brandenburg e Tecnopan. Detentor dos títulos de 2009 e 2012, o Brandenburg é o único semifinalista que soma uma derrota, sofrida na fase de grupos, onde foi segundo colocado da Chave D após conseguir outras duas vitórias. A equipe cresceu nas eliminatórias e garantiu sua vaga entre os quatro melhores depois de superar o União Central nas oitavas, e Borussia Jaraguá, nas quartas de final. Já a Tecnopan tem uma trajetória perfeita no Varzeano. Primeiro colocado da Chave E, o time tricolor derrotou Vila Lalau e Nereu Ramos no mata-mata, e soma cinco vitórias em cinco jogos, aparecendo com muita força para conquistar o título inédito do Varzeano.