O cenário não pede otimismo. Em crise administrativa, que culminou com o pedido de demissão do eterno ídolo Fernandes do cargo de gerente de futebol, e com o técnico Hemerson Maria deixando claro durante a semana de que o Figueirense não tem condições, hoje, de subir para a Série A, o time de Florianópolis vai a Recife enfrentar o Sport, às 16h30min deste sábado, na Ilha do Retiro.

Na 11ª colocação com dois empates, mesmo diante de tantas dúvidas o Figueira busca a primeira vitória contra uma equipe que também não teve um bom início de campeonato. Está em 12º, com o mesmo desempenho.

Jogadores do Figueira fizeram movimentações em campo reduzido com transições rápidas | Foto Divulgação/FFC

A diretoria do time pernambucano fez promoção de ingressos para levar o torcedor ao estádio e iniciar uma arrancada na Série B do Campeonato Brasileiro. A alta temperatura de Recife pode ser um fator complicador ainda maior para o Alvinegro catarinense.

“A tendência é que o Sport vá fazer uma pressão forte, principalmente no início de jogo. Sabemos de promoção dos ingressos, mas não podemos ficar acovardados, precisamos de uma postura corajosa, de pressionar, sair nos contragolpes, porque se ficarmos acuados, vamos sofrer”, alertou Hemerson Maria.

Para se adaptar não clima, Maria comandou treinamento na tarde de sexta-feira (10)  no Centro de Treinamento do Náutico.

Hemerson Maria pede postura corajosa ao Figueira em Recife | Foto Divulgação/FFC

Com o retorno de Brunetti aos relacionados, o técnico Hemerson Marina fez os últimos ajustes a partir de sequências de finalizações e passes, que valorizaram a intensidade das triangulações e a importância do posicionamento.

Na segunda parte, deu o tom das movimentações em campo reduzido com transições rápidas e distribuição de bolas no meio de campo.

Prováveis equipes

Sport – Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Raul Prata; João Igor, Charles e Sammir; Ezequiel, Guilherme e Hernane Brocador. Técnico – Guto Ferreira.

Figueirense – Denis; Pereira, Alemão, Ruan Renato e Brunetti; Zé Antônio, Tony e Fellipe Mateus; Matheuzinho, Rafael Marques e João Diogo. Técnico – Hemerson Maria.

Arbitragem - Rodrigo Batista Raposo apita o jogo e será auxiliado por José Rinaldo Nascimento e Lehi Sousa Silva. Os três são do Destrito Federal.

Local – Estádio da Ilha do Retiro, em Recife.

Horário – 16h30min

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?