Um clássico de fortes emoções: Avaí comemorando 95 anos e estreando camisa nova; Figueirense marcando gol de pênalti logo a 1 minuto de jogo; torcedor alvinegro que caiu da arquibancada e precisou ser levado para o hospital de helicóptero; gol anulado do Leão no último lance e confusão entre os jogadores no final.

Guga perdeu pênalti que poderia ser o empate do Avaí | Foto Avaí/Divulgação

A vitória por 1x0 jogou o Figueirense para a quinta colocação da Série B do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos, mesmo número do Guarani, quarto lugar. O Avaí segue em terceiro, com 39 pontos, dentro do G-4.

Logo que começou o jogo, o Figueirense explorou lado direito da defesa do Avaí, armou jogada em velocidade com Juninho, que acabou derrubado por Airton. Pênalti que João Paulo bateu e fez 1x0 para o Alvinegro.

Figueirense repetiu uma de suas marcas, a forte determinação defensiva | Foto Avaí/Divulgação

A partir daí o que se viu foi o Avaí atacando, sem muita eficiência, e o Figueirense se defendendo, com determinação. O jogo seguiu neste ritmo até os 24 minutos do primeiro tempo.

A partida precisou ser paralisada para o atendimento ao torcedor alvinegro Douglas Cirimbelli Miranda, 27 anos, que estava debruçado sobre o parapeito da arquibancada e caiu de uma altura de cerca de três metros. Ele teve traumatismo craniano de grau 4, lesão na coluna e perdeu muito sangue.

Douglas foi levado para o Hospital Celso Ramos, onde passou por atendimento de emergência e segue internado.

.

Jogo ficou paralisado por seis minutos para atendimento a torcedor | Foto Avaí/Divulgação

O esquema de segurança acionou o helicóptero do Samu, que pousou no gramado para fazer a remoção do torcedor ferido para o hospital Celso Ramos, onde foi atendido. Até o fechamento desta reportagem não havia mais informações sobre o estado de saúde do torcedor.

O jogo voltou a ser disputado após seis minutos, com o mesmo cenário: Avaí no ataque e Figueirense na defesa. Até que aos 41 minutos Matheus Sales derrubou Marquinhos Silva e o árbitro marcou pênalti para o Avaí. Guga bateu e o goleiro Denis defendeu.

No segundo tempo, mais pressão do Avaí. Novamente sem sucesso. O Figueirense repetiu uma de suas marcas registradas: a determinação.

No último minutos, após cruzamento para área, Matheus Barbosa tocou para o gol. Seria o empate do Avaí, mas o auxilar viu impedimento e o árbitro Marcelo de Lima Henrique anulou o lance.

Com o resultado, o Figueirense quebrou a invencibilidade de nove jogos do Avaí.

Figueirense resistiu até o final e saiu de campo com a vitória | Foto Avaí/Divulgação

Ao final da partida, mais confusão entre os jogadores, mas sem registro de violência.

Na próxima rodada, que será realizada toda na próxima terça-feira (04), o Avaí recebe o CRB, na Ressacada, às 19h15min, enquanto o Figueirense vai ao Ceará enfrentar o líder Fortaleza, às 21h30min.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?