A pandemia do novo coronavírus provocou uma grande mudança nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

Marcado inicialmente para Jaraguá do Sul, que teve pedido acatado pela Fesporte para sediar a competição apenas no ano que vem, a entidade confirmou a realização da edição 2020 do evento em seis municípios diferentes.

Brusque foi escolhida como a cidade-berço e receberá o maior número de modalidades. Serão 10 no total: natação, futsal, voleibol, basquete, tênis de mesa, bolão 16, bolão 23, ciclismo, xadrez e bocha.

Balneário Camboriú será o segundo local mais requisitado, com oito modalidades: triatlo, vôlei de praia, jiu jítsu, caratê, judô, taekwondo, handebol e ginástica rítmica.

Vôlei de Praia será realizado em Balneário Camboriú | Foto: Divulgação/Fesporte

As demais sedes serão Rio do Sul (disputas de tiro, tênis, futebol e punhobol), Florianópolis (remo), Blumenau (ginástica artística) e Timbó (atletismo).

Novo formato

Outra alteração significativa será no formato do campeonato. Com a redução do número de atletas, de forma que as fases de disputa de cada modalidade sejam mais curtas, o Jasc acontecerá em apenas sete dias e não em duas semanas como habitual.

Os jogos, estabelecidos no sistema de mata-mata, sem fase de grupos, estão marcados para os dias 17 a 23 de novembro, sendo que as fases regionais ocorrerão em outubro.

Medidas de prevenção

A Fesporte também divulgou alguns procedimentos necessários para contenção do avanço do coronavírus.

Entre eles, está a proibição de público durante as disputas e a obrigatoriedade do teste tipo RT-PCR, que deverá ser realizado pelos respectivos municípios a que representam.

Os testes deverão ser feitos ainda no município de origem, e os resultados emitidos com 72 horas de antecedência do embarque para os Jasc.

“O grande problema é a viagem do vírus de uma comunidade à outra. Então a ideia é garantir que o atleta já saia de seu município saudável, sem risco de acabar contaminando outros locais”, destacou o presidente da Fesporte, Rui Godinho da Mota.

O dirigente salientou ainda que, em casos positivos, não há alternativa senão o WO (derrota por ausência), nos esportes individuais. Já nos coletivos, haverá afastamento de jogadores que testarem positivo.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul