Fernando explica decisão de deixar o comando do Jaraguá Futsal: “Acredito que foi o melhor a se fazer”

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Por: Lucas Pavin

13/03/2024 - 11:03 - Atualizada em: 13/03/2024 - 11:45

A trajetória de Fernando Oliveira como técnico do Jaraguá Futsal chegou ao fim na última terça-feira (12). Após o anúncio da saída, o agora ex-treinador concedeu entrevista ao OCP e explicou sua decisão de deixar o comando do time principal depois de quase um ano.

De acordo com ele, a saída foi motivada pensando no melhor para o clube e que não se sentia preparado para função no momento.

“O Jaraguá me proporcionou as maiores situações como treinador, frustrações e eliminações, assim como títulos e prêmios individuais. Provei de tudo e essa desistência é justamente pensando no clube. Essa função necessita muita energia, experiência e vivência, e não estou nem um pouco preparado para desenvolver isso hoje. Eu conseguiria com o tempo, mas não temos tempo no Jaraguá, precisamos sempre estar vencendo e por isso resolvi dar esse passo atrás em nome do projeto. Acredito que foi o melhor a se fazer nesse momento”, disse.

Na breve carreira como técnico, o ex-jogador de 38 anos não conseguiu chegar a tão desejada final de um torneio nacional, mas destacou a satisfação em ter sido campeão do Catarinense (2021), da Copa Sul (2023) e do Torneio de Verão de Indaial (2024).

“Foi um desafio e uma honra muito grande estar à frente desse gigante do futsal e ter entrado de alguma forma positiva para a história me enche de orgulho”, afirmou.

Fernando não faz mais parte da comissão técnica, mas segue no clube como coordenador técnico, enquanto Lenísio será analista de desempenho, função que já acumulava como auxiliar.

“Estou com a cabeça limpa de ter entregado tudo que poderia ter entregado. Conquistei coisas maravilhosas, assim como frustrações. Mas isso é normal, vida que segue e vou continuar tentando ajudar o clube de outra forma”, finalizou Fernando Oliveira.