Falta de valorização e preocupação: Natália Petry critica cancelamento das competições em SC

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Esporte

Por: Lucas Pavin

quarta-feira, 04:56 - 08/09/2021

Lucas Pavin

O anúncio da Fesporte cancelando sete grandes competições esportivas de Santa Catarina gerou revolta de dirigentes, técnicos e atletas de todo Estado. Em Jaraguá do Sul, não foi diferente.

Em entrevista ao OCP, a secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Natália Lúcia Petry, fez duras críticas a decisão. Segundo ela, o governo estadual não vem tratando o esporte como deveria, o que gera uma preocupação para o futuro.

“Vejo que há uma falta de valorização do Governo do Estado pelo desenvolvimento e fomento do esporte. Não é possível que os municípios que tanto se esforçaram para manter as atividades, profissionais, estruturas, sejam tratados com tanto desdém. Já sabemos que a prática esportiva é importante e necessária em todos os aspectos. E o Governo não ter esse olhar me remete uma preocupação muito grande para o futuro do nosso esporte”, disse.

Várias áreas devem ser afetadas com a medida. Esportivamente, muitos atletas perderão a oportunidade de competir em Olesc e Joguinhos, por exemplo, além de correrem o risco de perder o Bolsa Atleta.

Foto: João Pedro Alves/Decom Criciúma

Técnicos também podem perder seus empregos em uma época complicada do ano, já que muitos municípios disputam apenas os eventos da Fesporte.

Esse não é o caso de Jaraguá do Sul, que manterá suas atividades por disputar os campeonatos organizados pelas federações estaduais, mas que não trazem o mesmo “glamour” das principais competições do Estado.

“Vamos continuar trabalhando normalmente com as nossas modalidades, até porque as federações estão atuantes. Mas os eventos da Fesporte são muito esperados, porque reúnem um maior número de municípios e são as nossas ‘Olimpíadas’. É uma pena que o governo não reconheça a importância dessas competições para nossos atletas”, lamentou Natália.

Após toda repercussão, o deputado estadual Fernando Krelling revelou que um requerimento já foi protocolado para realização de uma audiência pública sobre o tema.

“Gostaria que esse pedido nem fosse necessário. Estivemos hoje pela manhã na Fesporte conversando com a Associação das Federações, com algumas federações catarinenses para discutir e debater alguns critérios. Quem sabe, fazer uma competição em formato segmentado, que consiga dar oportunidade aos atletas catarinenses de competirem esse ano”, destacou.

Vale lembrar que esse é o segundo ano consecutivo em que esses eventos são cancelados. No momento, só os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), marcados para novembro, em São José, foram mantidos.

Não houve consulta, audiência com órgãos municipais sobre o cancelamento. Fernando Krelling uma audiência pública.

×