Em entrevista ao Meio Dia Paraná, da RPC, o técnico Nei Victor, do Umuarama Futsal, deu detalhes do acidente com ônibus que levava o time a Jaraguá do Sul e resultou na morte de duas pessoas na manhã desta quinta-feira (8).

O treinador contou que estava sentado no primeiro banco, logo atrás do motorista Vadinho. Uma das vítimas fatais, o condutor gritou que os freios não estavam funcionando.

Logo depois, o veículo tombou em uma curva no km 667 da BR-376, em Guaratuba (PR), e se chocou com um caminhão.

“Estava acordado, viajo no primeiro banco após o motorista. O motorista entrou em desespero, tinham dois motoristas na frente, eles entraram em desespero porque começou a falta freio no ônibus, faltando ar, eles gritando. Começou a aumentar a velocidade, na descida da Serra, e fazendo ultrapassagem. Procurei me proteger, a gritar para os jogadores se protegerem também”, relatou Nei Victor.

Além de Vadinho, o técnico e coordenador das categorias de base do clube, Vitinho, morreu no local.

“Infelizmente, não teve como ele chegar na área de escape, faltaram 100 metros para a área de escape, para o ônibus poder parar. E aconteceu esse acidente terrível, vitimando duas pessoas e deixando todo mundo ferido”, disse o técnico.

Mais 20 pessoas estavam no veículo, sendo que dez ficaram feridas. Sete delas foram levadas ao Hospital São José, em Joinville. Destas, três apresentam fratura exposta e o estado de saúde inspira cuidados.

Os outros dez passageiros foram encaminhados ao Pronto-Atendimento de Garuva com ferimentos leves.

“Depois do acidente, a gente conseguiu sair pelo buraco que ficou no ônibus. Eu me machuquei pouco, consegui sair, outros jogadores saíram, um ajudou o outro, fomos tirando todo mundo. Só o motorista que ficou preso nas ferragens e mais dois no fundo do ônibus. As vítimas fatais não conseguimos nem ver, ficou longe a separação do ônibus, uma parte da outra. Todo mundo parou para ajudar, muitas pessoas correram para ajudar e evitar que acontecesse algo ainda pior”, declarou Nei Victor.

Foto: Divulgação

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma perícia será feita no local e no veículo para identificar a causa do acidente. A direção do Umuarama Futsal informou que a manutenção do ônibus estava em dia.

“Estava tudo normal, viajamos a Liga toda nesse ano, no Paranaense, na Copa do Brasil. As viagens foram feitas todas com ele, sempre com segurança, dois motoristas experientes, com tempo de estrada. Foi um acidente, infelizmente acontece, e desta vez aconteceu conosco”, finalizou o técnico da equipe.

O Umuarama enfrentaria o Jaraguá Futsal nesta sexta-feira (9), no Norte de Santa Catarina, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Com a tragédia, o jogo foi cancelado.