Jogador do Juventus no ano de 2012 e hoje no Avaí, o zagueiro Alemão foi flagrado pela Polícia Militar em uma festa irregular no último fim de semana, em Florianópolis.

O atleta estava de folga após o jogo contra a Chapecoense ser adiado e aparece em imagens sendo retirado pela PM de uma casa junto com outras pessoas, que descumpriram restrições do governo estadual para frear o contágio da Covid-19.

Após os vídeos que circularam nas redes sociais, a principal torcida organizada do Leão da Ilha cobrou a dispensa de Alemão e dos atletas que supostamente estariam envolvidos no caso.

Foto: Divulgação/Avaí FC

Porém, nesta segunda-feira (1° de março), o clube se manifestou e disse que a situação está resolvida, sem qualquer tipo de punição ao jogador.

Com isso, o zagueiro fica à disposição para o clássico contra o Figueirense nesta quarta-feira (3), às 20h30, na Ressacada, pela terceira rodada do Estadual.

“Ele segue todos os padrões de segurança naturais. Hoje mesmo todos fizeram exame de Covid para o jogo de quarta-feira (clássico contra o Figueirense). Ele treinou normalmente. Aqui a gente não tem porque ficar punindo jogadores que são importantes para a equipe em casos absolutamente esclarecidos”, afirmou o executivo de futebol Marco Aurélio Cunha.