O atacante Zé Carlos, terceiro maior artilheiro da história do Criciúma, anunciou sua aposentadoria do futebol profissional no último domingo (20). Ao todo, ele teve três passagens pelo Tigre marcando 67 gols em 109 partidas.

Promissor no início da carreira, o atacante chegou a ser contratado pelo Porto, de Portugal, onde atuou apenas pela equipe B. Jogou pelo Cruzeiro em 2009, mas também sem muito sucesso. Rodou ainda por China, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos e Japão, além de muitas equipes pelo Brasil.

Auge no Tigre

Foi no Criciúma onde Zé Carlos teve o auge da carreira. Contratado pelo Tricolor em 2011, se destacou mesmo no ano seguinte marcando 41 gols em 45 partidas e conquistando o acesso à Série A. Ficou apenas atrás de Neymar na artilharia do Brasil naquela temporada.

Voltou em 2014 na elite do futebol nacional, mas não conseguiu balançar as redes nenhuma vez, e também em 2018, ajudando o time a não ser rebaixado para a Série C marcando dez gols em 29 jogos. Seu último clube foi o Murici, de Alagoas, em 2021.

Homenagem do clube

Nas redes sociais, o Criciúma fez uma postagem agradecendo ao jogador. Na publicação o clube afirma que "Zé Carlos tem o seu nome eternizado na história do Criciúma, sendo o terceiro maior artilheiro do clube".

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp