Um dos principais nomes das Olimpíadas de Tóquio, Simone Biles não vai disputar a final individual geral da ginástica artística, marcada para esta quinta-feira (29), às 7h50.

A decisão foi comunicada pela confederação de ginástica dos Estados Unidos, que confirmou a desistência por situações de saúde mental.

"Após avaliação médica adicional, Simone Biles retirou-se da competição individual geral. Apoiamos de todo o coração a decisão de Simone e aplaudimos sua bravura em priorizar seu bem-estar. Sua coragem mostra, mais uma vez, por que ela é um modelo para tantos", diz parte do comunicado da USA Gymnastics.

Dona de quatro ouros e um bronze nos Jogos do Rio em 2016, a norte-americana já havia se retirado da disputa por equipes após um salto ruim, na última terça-feira (27).

Nas redes sociais, ela fez um desabafo e disse que pesa a pressão de ser apontada como a maior estrela dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Não foi um dia fácil ou o meu melhor, mas consegui superá-lo. Eu realmente sinto que às vezes tenho o peso do mundo sobre meus ombros. Eu sei que eu ignoro e faço parecer que a pressão não me afeta, mas às vezes é difícil, hahaha! As Olimpíadas não são brincadeira! Mas estou feliz que minha família foi capaz de estar comigo virtualmente, eles significam o mundo para mim!”, postou.

Com a saída de Biles, a brasileira Rebeca Andrade vira uma das grandes favoritas ao ouro depois de ser a segunda colocada na classificatória.