O Governo de Santa Catarina anunciou na noite de segunda-feira (29) algumas mudanças no decreto estadual relacionado à prática esportiva no Estado.

No momento, a única liberação foi para atividades esportivas coletivas de cunho recreativo sem contato físico, como frescobol e beach tênis.

modalidades como futebol, basquete e vôlei, por exemplo, seguem proibidos, bem como os eventos organizados pela Fesporte.

As restrições valem para todas as regiões que se encontram no nível gravíssimo da matriz de risco da pandemia.

Entre os esportes individuais, apenas as categorias de luta estão vetadas por ter contato direto.

O que está liberado ou não no esporte em SC

Quadras, campos e canchas

  • Não autorizado em nível de risco gravíssimo para esportes recreativos coletivos. Esporte individual autorizado.

Esportes recreativos coletivos, competições e afins, com ou sem contato direto entre as pessoas, em qualquer local, público ou privado

  • Não autorizado em nível de risco gravíssimo. Exemplo: basquetebol, hóquei na grama, futebol amador, futebol sete, beach soccer, futsal, handebol, goalball, rugby, futebol americano, beisebol, softbol, voleibol, volei de praia, futevolei, punhobol e pólo aquático.

ESPORTES INDIVIDUAIS

Autorizados

  • Modalidades sem contato direto: atletismo, canoagem, ciclismo, golfe, ginástica, xadrez, bocha, bolão 16, bolão 23, automobilismo, motociclismo, tiro esportivo, tiro com arco, power lift, halterofilismo, surfe, bodyboard, skate, escalada esportiva, triatlhon, pentatlo moderno, hipismo, esgrima, badminton, remo, vela, tênis de mesa, tênis, beach tenis, natação, squash, padle, patinação.

Não autorizados

  • Modalidades com contato direto: boxe, judô, karatê, taekwondo, wrestling (luta livre), jiu jitsu, muay thai, MMA, capoeira, wu shu.

Calendário de eventos esportivos organizadores pela Fesporte

  • Não autorizado.