Jaraguá Futsal e Pato fizeram na noite desta segunda-feira (23), uma partida digna do mais alto nível de Liga Nacional, coroando o retorno das equipes a competição após mais de 40 dias de pausa para Copa do Mundo.

Em um jogo de muita ofensividade e cheio de reviravoltas, o aurinegro chegou a estar à frente por duas vezes. Porém, o time paranaense foi cirúrgico em momentos cruciais e com dois gols na reta final do confronto, saiu com a vitória por 4 a 3, em plena Arena.

Os gols do duelo válido pela 12ª rodada foram marcados por Pett, Walex e Diego Passamani, pelo lado jaraguaense, enquanto Danilo Baron (2x), Well e Alemão, ambos ex-Jaraguá, balançaram as redes para os visitantes.

Lance do jogo | Foto: Lucas Pavin/Agência Avante!

“Eu lamento que a nossa equipe não teve competência para matar o jogo quando esteve na frente na última virada. Tivemos chances de aumentar a vantagem e lamento por isso. Foi um jogo muito equilibrado, mas não tivemos competência no momento em que estivemos na frente”, avaliou o técnico Fernando Ferretti.

Com o quarto revés no torneio – o segundo consecutivo em casa -, o Jaraguá caiu para a 9ª colocação na tabela, com 17 pontos somados. O Pato, por sua vez, chegou aos 25, e divide a 3ª posição com o Atlântico Erechim.

Na próxima rodada, o aurinegro vai até Belém (PA), onde enfrenta o lanterna Shouse, que perdeu as doze partidas em que disputou até aqui. O embate acontece neste domingo (29), às 10h30, no Mangueirinho.

O jogo

O confronto entre Jaraguá e Pato se mostrou especial antes mesmo do seu início. De férias em Jaraguá do Sul, o lateral esquerdo do Atlético de Madrid-ESP e da seleção brasileira, Filipe Luís, foi homenageado ao receber uma camisa do aurinegro e dar o pontapé inicial da partida.

Jaraguaense Filipe Luís deu o pontapé inicial do jogo | Foto: Lucas Pavin/Agência Avante!

Com a bola rolando, o time jaraguaense começou pressionando o adversário. Empurrado pela torcida que compareceu em bom número na Arena, a equipe comandada pelo técnico Fernando Ferretti criou quatro boas chances, exigindo boas defesas do goleiro Djony, ex-Jaraguá.

O Pato só foi responder aos 7, em jogada individual de Neguinho, que Jean Reis – novo titular da posição na vaga do lesionado João Neto – teve que intervir. Mas com uma marcação alta e sufocando os paranaenses, os donos da casa criavam as melhores oportunidades, obrigando Djony a fazer grandes defesas.

De tanto insistir, o gol saiu aos 15. Pett puxou o ataque pela ala esquerda e chutou cruzado, no canto, para abrir o placar. A partir daí, o Pato passou a dominar as ações ofensivas. E quando parecia que o Jaraguá iria para o vestiário com a vantagem, os visitantes empataram. Em rápida troca de passes, Well achou Danilo Baron sozinho na segunda trave, que só teve o trabalho de empurrar para as redes, faltando apenas dez segundos.

Lance do jogo | Foto: Lucas Pavin/Agência Avante!

O segundo tempo mal havia começado e o Pato conseguiu a virada. Após cobrança de escanteio, Well chutou de primeira, Jean Reis defendeu, mas o próprio Well pegou o rebote e conferiu. Porém, o Jaraguá não se abateu e empatou imediatamente. Walex roubou a bola na defesa, foi avançando sozinho e, de bico, chutou no canto para marcar 2 a 2.

O gol animou os mandantes, que quase viraram no lance seguinte, mas Djony evitou o segundo de Walex, e pouco tempo depois, uma finalização de Oitomeia. A virada veio mesmo aos 8. Em cobrança de falta, Yuri rolou para Diego Passamani, que soltou uma bomba para vencer Djony.

Aos 11, o aurinegro perdeu uma chance incrível de fazer o quarto, depois de Walex arriscar de longe e Oitomeia, quase embaixo da trave, não conseguir completar para o gol. A equipe jaraguaense seguiu perto de aumentar a vantagem, mas acabou desperdiçando. E o castigo apareceu, aos 16 minutos.

Quando o Pato já pressionava, mas esbarrava em boas defesas de Jean Reis, os visitantes aproveitaram contra-ataque perfeito, finalizado por Danilo Baron, que deixou tudo igual de novo. Dois minutos depois, o time paranaense virou novamente. Ex-Jaraguá, Alemão recebeu passe próxima da área e acertou um lindo chute no ângulo para fazer o quarto.

Com isso, o aurinegro foi para o tudo ou nada nos minutos finais, colocando Yuri como goleiro-linha. Mas o Pato conseguiu se segurar atrás e garantiu a vitória por 4 a 3.

CLASSIFICAÇÃO:


ARTILHARIA:

7 gols – Pett
4 gols – Oitomeia
4 gols – Diego Menezes
4 gols – Walex
3 gols – Daniel
3 gols – Vitor Hugo
2 gols – Yuri
2 gols – Torres
2 gols – Diego Passamani


TABELA: