Na noite desta segunda-feira (11), o Brusque escreveu mais um belo capítulo de sua história. Com uma vitória por 4 a 2 sobre o Ituano (SP), no Estádio Augusto Bauer, o Quadricolor carimbou o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro após 32 anos - a equipe havia disputado a segunda divisão do futebol nacional apenas em 1989.

A conquista da vaga veio em uma partida com fortes emoções e recheada de gols. Até a metade do primeiro tempo, o placar já tinha sido movimentado quatro vezes. O Brusque abriu o marcador logo aos 4 minutos, com o atacante Marco Antônio. O empate paulista, contudo, saiu logo depois, aos 7, com Gabriel Taliari.

O Marreco voltou à frente aos 12, com Thiago Alagoano, o Reizinho do Vale, que driblou o goleiro e só tocou para o fundo das redes. Novamente, a vantagem durou pouco. Aos 22, Fillipe Soutto, em cobrança de falta, deixou tudo igual.

Foto Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Precisando da vitória a qualquer custo, o Brusque acelerou o ritmo na volta do intervalo. Aos 4 da etapa final, Garcez acertou um lindo chute cruzado para recolocar os donos da casa à frente no placar. Com a partida sob controle, o time do Vale do Itajaí acabou com o sofrimento da torcida aos 32. O tiro de misericórdia foi dado pelo zagueiro Ianson, que ganhou dividida pelo alto e, de bico, deu números finais ao confronto.

Com o acesso garantido, o Quadricolor agora volta as suas atenções para a conquista do título da Série C do Brasileirão. Na última rodada da segunda fase, os catarinenses enfrentam o Santa Cruz (PE), no próximo domingo (17), às 18h, no Recife.

Para chegar à final da competição, o Brusque precisa terminar em primeiro lugar da chave, posição que ocupa atualmente com nove pontos, dois a mais que o Vila Nova (GO). Um triunfo contra os pernambucanos garante a vaga para a decisão. Em caso de empate ou derrota, a classificação dependerá do resultado dos goianos.