Por Lucas Pavin  Saiu a primeira vitória do Jaraguá Futsal na Liga Nacional 2017. E ela veio repleta de muita emoção. Na noite desta quinta-feira (4), o aurinegro saiu na frente do placar e viu o Sorocaba virar o marcador ainda no primeiro tempo. Mas com uma grande atuação na etapa final e empurrado pela torcida na Arena, o time jaraguaense se impôs sobre o rival e saiu de quadra com uma vitória pelo placar de 5 a 4, em duelo válido pela quarta rodada da primeira fase. Com o resultado, o Jaraguá pulou para o nono lugar da tabela de classificação, com os mesmos quatro pontos de Marreco, Carlos Barbosa, Copagril e do próprio Sorocaba. “Foi uma boa atuação. Viemos de uma derrota na Liga muito frustrante contra o Joaçaba e nos cobramos muito. Sabíamos que ia ser um jogo muito difícil contra o Sorocaba, mas conseguimos estes três pontos que eram muito importantes para nós”, disse William, eleito o jogador destaque do jogo. “Precisávamos dessa vitória e o Jaraguá tem sua casa como grande força, com a torcida para dar um combustível a mais. Então é uma vitória para dar ainda mais confiança para um grupo que é muito bom. Jaraguá sempre entra para brigar por título e não será diferente. Sabemos que a caminhada é muito longa e difícil, mas com humildade e sabendo das nossas limitações vamos criar dificuldades aos adversários na competição”, destacou o ala Oitomeia. Agora, o aurinegro volta a atuar na Liga somente no dia 26 de maio, contra a Assoeva, novamente na Arena. Antes, a equipe entra em quadra pelo Estadual, no dia 13, quando recebe o Joaçaba em casa, equipe que venceu os jaraguaenses por 4 a 1 na Liga, pela segunda rodada, em plena Arena. “É mais um jogo complicado. Joaçaba tem uma equipe bem montada e temos que ter mais inteligência do que tivemos na derrota pela Liga. Eles tem um time jovem e leve, e temos que ter a cabeça no lugar para fazer um bom jogo e sair com a vitória”, afirmou Yuri. https://www.youtube.com/watch?v=wqh8Irrf0Xg&feature=youtu.be O jogo O primeiro tempo começou muito estudado, com as equipes se respeitando e arriscando pouco no setor de ataque. Mas empurrado pela torcida que compareceu em bom número na Arena, o Jaraguá conseguiu abrir o placar na primeira oportunidade clara criada. Aos 3 minutos, em rápido contra-ataque, Yuri recebeu passe, avançou pela direita e tocou na saída de Tiago. Seguro na defesa, o time da casa mandava no jogo, sem dar brechas ao time paulista e criando boas chances para ampliar. Porém, na primeira jogada bem trabalhada, os visitantes chegaram ao empate, aos 10. Após boa troca de passes, Arthur deixou Leandro Lino sozinho no segundo pau, que só completou para as redes. O gol animou os sorocabanos, que menos de um minuto depois, viraram o marcador com Pixote, que aproveitou rebote em chute de Bruno e só empurrou para o gol. Faltando 30 segundos, o Jaraguá conseguiu o empate, com Daniel que tocou para o gol vazio, após também pegar rebote em chutes de Oitomeia e William, que Tiago apareceu para salvar. Mas 15 segundos depois, em desatenção da defesa do aurinegro, Rocha apareceu livre na área e fez o terceiro. Foto: Eduardo Montecino Já no segundo tempo, o Jaraguá voltou melhor e com uma marcação alta passou a pressionar o Sorocaba na quadra defensiva. Após criar duas boas oportunidades, o empate veio aos 4 minutos. William cortou a marcação e rolou para Marcio, que voltando de lesão, fez o dele na partida. Superior ao adversário, o time jaraguaense conseguiu a segunda virada do clássico, aos 7. Em cobrança de escanteio, Renatinho tocou para William, que driblou Rocha e acertou uma bomba de fora da área sem chances para Tiago. Aos 9, foi a vez de Daniel deixar o segundo dele. Em clássica jogada de pivô, o camisa 5 girou sobre Rodrigo e chutou no ângulo direito de Tiago para fazer o quinto. A partir daí, a equipe paulista teve o domínio da posse de bola, mas firme na defesa, o time da casa se segurou bem e contou com boas defesas de Tatá. Restando apenas um segundo, o aurinegro cometeu a sexta falta coletiva. Hulk e Tatá defenderem as duas primeiras cobranças, mas o árbitro mandou voltar alegando que ambos se adiantaram. Na terceira, Rodrigo descontou, mas nada que evitasse a vitória do Jaraguá: 5 a 4