Depois de Avaí e Chapecoense, o Juventus encara mais um confronto indigesto, fora de casa, neste primeiro terço do Campeonato Catarinense.

Buscando os primeiros pontos longe do João Marcatto, o time de Pingo visita o Brusque neste domingo (28), às 19h, no estádio Augusto Bauer, pela sexta rodada da competição.

Mais do que enfrentar uma equipe que é sensação do futebol catarinense e hoje disputa a Série B do Campeonato Brasileiro, o Moleque Travesso tenta quebrar um histórico recente contra o Quadricolor.

A última vez que a equipe jaraguaense venceu o adversário foi em 2008, quando fez 2 a 1, na mesma Série A.

De lá para cá, foram oito partidas, com seis vitórias brusquenses e dois empates, incluindo a semifinal do ano passado, em que o Tricolor foi eliminado pelo time do Vale do Itajaí.

Lance da semifinal de 2020 | Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Isso sem contar os dois amistosos da atual temporada, que antecederam o Estadual, e terminou com triunfos do Bruscão, por 5 a 0 e 1 a 0.

Os embates recentes indicam uma verdadeira “pedreira” para Pingo e seus comandados. Mas com bom início no torneio, aumenta a expectativa para dar fim ao jejum diante do rival.

Não só isso. Embalado pela vitória sobre o Figueirense na última quinta-feira (25), o Juve ocupa a terceira colocação da tabela, com nove pontos, e tem a chance de ultrapassar o próprio Brusque, que é vice-líder, com 10.

Se a escrita vai acabar ou não, isso ainda não sabemos. Mas com todos estes fatores, a promessa é de um grande jogo no Augusto Bauer.

Desfalques e provável escalação

Sem nenhum jogador suspenso, o técnico Pingo deve voltar a repetir a mesma escalação utilizada desde seu primeiro jogo à frente do time.

O treinador ainda não pode contar com os atacantes Jô (problema muscular) e Alemão (lesão no pé esquerdo), e o lateral Bruno Dip (lesão no joelho esquerdo), que seguem entregues ao departamento médico.

Com isso, o Juventus deve enfrentar o Brusque com Iago Hass; Genilson, Matheus Piaui, Wallinson e Cesinha; Allan, Tássio, Jeffinho, Fabinho e Eric Di Maria; Giovanni.

Histórico de confrontos

Retrospecto geral

  • Jogos: 57
  • Vitórias do Juventus: 16
  • Vitórias do Brusque: 25
  • Empates: 16
  • Gols marcados pelo Juventus: 59
  • Gols marcados pelo Brusque: 97
  • Primeiro jogo: 1x1, no dia 23 de março de 1991, pela Copa Santa Catarina
  • Último jogo: 0x0, no dia 5 de agosto de 2020, pela semifinal da Série A do Campeonato Catarinense

Na 1ª Divisão

  • Jogos: 23
  • Vitórias do Juventus: 6
  • Vitórias do Brusque: 8
  • Empates: 9
  • Gols marcados pelo Juventus: 25
  • Gols marcados pelo Brusque: 35

*Dados de Henrique Porto (Portopédia)

Classificação

Artilharia

2 gols – Fabinho
2 gols – Alemão
1 gol – Giovanni
1 gol – Tássio
1 gol – Wallinson

Tabela

fase

24/02/21 – Avaí 2×0 Juventus (saiba mais)
20h30, na Ressacada, em Florianópolis (SC)

27/02/21 – Juventus 2×0 Criciúma (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Fabinho e Alemão

04/03/21 – Juventus 2×0 Hercílio Luz (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Fabinho e Alemão

21/03/21 – Chapecoense 2×0 Juventus (saiba mais)
16h, na Arena Condá, em Chapecó (SC)

25/03/21 – Juventus 3×2 Figueirense (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Giovanni, Tássio e Wallinson

28/03/21 – Brusque × Juventus
16h, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC)

31/03/21 – Juventus × Joinville
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)

04/04/21 – Próspera × Juventus
16h, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

11/04/21 – Juventus × Marcílio Dias
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)

18/04/21 – Metropolitano × Juventus
16h, no Estádio Hermann Aichinger, em Ibirama (SC)

21/04/21 – Juventus × Concórdia
21h30, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)