Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes
Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

A paralisação do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus vem afetando os cofres de clubes que se encontram nas principais divisões do país ou do seu estado.

Se a situação já é delicada neste setor, as equipes de divisões inferiores sofrem ainda mais e vivem momentos de muita incerteza. É o caso do Sport Club Jaraguá.

Representante jaraguaense na Série C do Campeonato Catarinense, o Leão parou suas atividades em março, deu férias a atletas e funcionários, e encara diversas dificuldades pela falta de receita e patrocínio.

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Antes da inesperada pandemia, o clube da Barra do Rio Cerro recebia atletas através de investidores, medida já adotada nos últimos anos, e matinha treinos com Sub-17, Sub-20, Feminino e escolinha para jovens de 9 a 15 anos.

Mas aí, veio o coronavírus e junto com ele, inúmeras indefinições. Sem receita e sem previsão de quando os campeonatos serão realizados, o Jaraguá precisou dispensar dois funcionários devido à crise e já confirmou que o projeto do futebol feminino voltará apenas em 2021.

Com a intenção de voltar às atividades em junho, o clube agora foca em quatro torneios na temporada: Copa Pomerode (Amador) com o elenco Sub-20, e três competições estaduais da Federação Catarinense (Sub-17, Sub-20 e profissional).

Todos com elencos bem reduzidos, sendo que o Sub-20 será a base do profissional para Série C e o técnico Gabriel David, que já foi treinador da equipe no ano passado, comandará os três times.

Presidente Da Silva quer resgatar a credibilidade do clube | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Apesar da dificuldade, o presidente Da Silva trabalha no resgate da credibilidade do clube, manchada após a disputa da segunda divisão, quando o Leão chegou a perder jogos por WO.

Para isso, o time da Barra sonha com melhorias na estrutura do estádio do Botafogo para voltar a pensar em acesso.

“Estamos tentando recuperar a marca, mas não é fácil sem dinheiro e sem patrocínio. Estamos prometendo melhorias no Botafogo há muito tempo e até agora nada. Sem elas, não temos como pensar em mudar de divisão. Então esse é o nosso principal foco, além de revelar jogadores”, destacou Da Silva.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul