A APAN/Eleva/Blumenau realiza, nesta quarta-feira (11), a sua segunda partida pela Superliga 2020/21. Vindo de derrota na estreia por 3 sets a 2, a equipe terá uma parada dura pela frente: a EMS/Taubaté/Funvic (SP), que possui um elenco repleto de jogadores da Seleção Brasileira, entre eles o levantador Bruno Rezende e o central Lucão.

O confronto está programado para iniciar às 19h, no Ginásio Galegão, com transmissão pelo SporTV 2. Por conta dos protocolos preventivos contra o coronavírus, a partida ocorrerá sem a presença de torcida.

De acordo com o técnico da APAN, André Donegá, será um jogo difícil, contra um time que apresenta o melhor voleibol neste início de temporada. O objetivo é usá-lo para promover acertos e crescer na competição.

O comandante destaca a necessidade de buscar maior equilíbrio na performance. “Esse é nosso principal desafio. Buscar a regularidade nos sistemas de ataque e passe, como parte do planejamento para os confrontos contra adversários considerados diretos”, afirmou.

O time blumenauense ocupa a sétima colocação da Superliga, com um ponto ganho. Já a EMS/Taubaté/Funvic está na vice-liderança, com seis pontos em duas partidas e apenas um set perdido.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: