Por Lucas Pavin | Foto Eduardo Montecino As novidades no Juventus não param por aí. Além das melhorias anunciadas para o Estádio João Marcatto, com adoção de novo e moderno sistema de energia, o clube confirmou, na tarde da última quarta-feira (14) mais cinco nomes que irão compor o elenco na Série B do Campeonato Catarinense, que tem início no dia 2 de julho. São os zagueiros Léo e Alemão, volantes Mancha e Filipe Cristiano, e o atacante Barreto. Aos 22 anos, o zagueiro Léo fez toda sua carreira no Rio Grande do Sul, passando pelo Pelotas, Novo Hamburgo, Internacional, Veranópolis, São Paulo, Lajeadense e Brasil de Farroupilha, seu último clube. Companheiro de posição, Eduardo Kunde, o Alemão, de 19 anos, jogou nas categorias de base do Internacional, Novo Hamburgo e Criciúma, se transferindo depois para o Avaí, clube no qual tem contrato e acabou sendo emprestado ao Tricolor. Já Leonardo Franco, o Mancha, teve uma trajetória muito semelhante ao zagueiro Léo. Aos 22 anos, o volante atuou pelas equipes gaúchas do Pelotas, Novo Hamburgo, São Paulo, Lajeadense e Brasil de Farroupilha, antes de encarar sua primeira experiência no futebol catarinense. Na mesma posição, o outro atleta contratado já é conhecido pela torcida. Filipe Cristiano retorna para sua segunda passagem no Juve, após fazer parte do grupo que terminou na sexta colocação da Série B do ano passado. O jogador disputou o Campeonato Gaúcho desta temporada pelo Brasil de Farroupilha e chega ao time jaraguaense como um dos atletas acima dos 23 anos. “Fizemos um bom Estadual no ano passado e não conseguimos o acesso por detalhes. A expectativa para 2017 é novamente colocar o Juventus na Série A e a vontade de voltar foi justamente por isto. É um clube e uma cidade que tive um carinho muito grande, e fiquei muito feliz por ter essa oportunidade de voltar”, afirmou. Por fim, o atacante Barreto, de 21 anos, acertou contrato de empréstimo junto ao Coritiba. Com vínculo fixado ao clube paranaense, o atleta já vestiu as camisas do Rio Branco (PR) e XV de Piracicaba (SP), e terá sua primeira passagem pelo futebol de Santa Catarina. “Eu vim muito animado por nunca ter jogado em Santa Catarina. Vai ser uma experiência para mim e sempre gostei de desafios. Pretendo encarar com muita seriedade, trabalho e dedicação. Temos um grupo muito bom e a nossa expectativa é conquistar o acesso”, declarou. Leia mais: - Estádio de futebol João Marcatto vai ser primeiro de Santa Catarina movido a energia solar