Por Lucas Pavin Restando apenas quatro dias para a estreia na Série B do Campeonato Catarinense, o Juventus acerta os últimos detalhes para o início da competição, na qual briga busca por uma das duas vagas à elite do futebol de Santa Catarina. O primeiro passo para atingir este objetivo será neste domingo, dia 2 de julho, quando o Moleque Travesso viaja até a cidade de Palhoça para enfrentar o Guarani, às 15h30, no Estádio Renato Silveira. Sob o comando do técnico Eduardo Rodrigues, o elenco tricolor é formado por 27 atletas, sendo 22 por empréstimo – a maioria cedidos por clubes do estado – ou com contrato fixado ao clube. Além disso, cinco promessas da base foram promovidos ao profissional e treinam com o grupo, buscando uma oportunidade no time. “Alcançamos nossos objetivos durante o período de preparação. Estamos com uma equipe competitiva e com boa qualidade técnica. É um grupo jovem e o torcedor pode esperar um time extremamente competitivo e voluntarioso”, disse Rodrigues. 1 2 Conforme o regulamento da Série B de 2017, cada clube poderá escalar somente cinco jogadores acima dos 23 anos. Até o momento, o Juve tem três atletas mais experientes que chegam com status de líderes do elenco: o lateral-direito de origem e polivalente Paulinho, de 29 anos, que terá sua quinta passagem pelo time jaraguaense; o volante Fillipe Cristiano, 31, que vestiu a camisa do clube no Estadual do ano passado; o zagueiro/volante Pedro Navas, 26, que estava sem clube, mas já atuou na base do Corinthians; além do meia Igor Almeida, 24, ex-Desportivo Brasil (SP). “Para mim é normal ser tratado como um dos líderes do grupo. No ano passado já tive esse papel junto com outros jogadores e acredito que não faz muita diferença. O que vai fazer diferença é o foco de todos que tem que ser o mesmo para chegarmos no nosso objetivo, que é o acesso”, destacou Paulinho.