A Copa União de Bolão 2019 já tem dono. O Cruzeiro Tatutiba confirmou o favoritismo e com quatro rodadas de antecedência já é matematicamente bicampeão da competição. O triunfo diante do Independente na 13ª rodada assegurou o título da equipe.

Dono de um forte elenco, o Cruzeiro alcançou incríveis quatro vitórias como visitante, sendo as duas últimas contra União e Os Coringas nas canchas do CCT Itoupavazinha. Apesar de garantir a conquista, os campeões prometem ir com força total nos próximos dois compromissos, ambos fora de casa, diante do Boa Esperança (20/09) e do Cruzeiro Itoupava Alta (27/09), que ainda permanecem invictos em seus domínios.

Nas últimas três rodadas, a briga pelo vice-campeonato deve esquentar as canchas de Blumenau. A disputa envolve cinco times: Os Coringas, Concórdia, Independente, Boa Esperança e União. Dois deles, Os Coringas e Independente, medem forças na próxima segunda-feira (23) e o vencedor dá um importante passo para ficar com o posto.

A classificação de momento é a seguinte:

  • 1º) Cruzeiro Tatutiba: 22 pontos
  • 2º) Os Coringas: 15 pontos
  • 3º) Concórdia: 14 pontos
  • 4º) Independente: 13 pontos
  • 5º) Boa Esperança: 12 pontos
  • 6º) União: 12 pontos
  • 7º) Cruzeiro Itoupava Alta: 11 pontos
  • 8º) Tirolês: 10 pontos
  • 9º) Liberdade: 9 pontos

Disputa pelo "Braço de Ouro"

Outro grande atrativo da competição nesta reta final é a corrida pelo prêmio "Braço de Ouro", entregue ao melhor jogador com base no número de pinos perdidos. Boa parte dos dez atletas mais bem colocados no ranking passará ainda por canchas com nível de dificuldade mais elevado, o que pode ocasionar mudanças na classificação de momento.

  • 1º) Adenor Hornburg (Independente): 28 pinos perdidos
  • 2º) Adilson Behling (Independente): 35 pinos perdidos
  • 3º) Ivo Guths (Cruzeiro Tatutiba): 35 pinos perdidos
  • 4º) Jonatas Alwin Fritzke (Cruzeiro Tatutiba): 38 pinos perdidos
  • 5º) Jackson Kuhl Voigt (Cruzeiro Tatutiba): 45 pinos perdidos
  • 6º) Celso Werling (Independente): 45 pinos perdidos
  • 7º) Claus Baumgartel (Independente): 46 pinos perdidos
  • 8º) Jonathan Prochnow (Tirolês): 51 pinos perdidos
  • 9º) Marcos Alexandre Klitzke (Cruzeiro Tatutiba): 53 pinos perdidos
  • 10º) Odair Floriani (Cruzeiro Tatutiba): 54 pinos perdidos

Quer receber as notícias no WhatsApp?