Cruz de Malta vira no fim e volta a ser campeão da Primeirona

Foto Lucas Pavin/Agência Avante! Foto Lucas Pavin/Agência Avante!

Esporte

Por: Lucas Pavin

domingo, 10:36 - 09/12/2018

Lucas Pavin

Emocionante! Assim podemos resumir o que foi a decisão do Campeonato Jaraguaense da Primeira Divisão 2018, disputada na tarde deste domingo (9).

Após empatarem o duelo de ida em 2 a 2, o João Pessoa saiu na frente do Cruz de Malta em casa e parecia que voltaria a conquistar o título da competição após cinco anos. Parecia.

Com um grande poder de reação depois dos 40 minutos do segundo tempo, os cruzmaltinos conseguiram a virada por 2 a 1 e levantaram a 13ª taça de sua história, ampliando o domínio como maior campeão do certame.

Lance do jogo | Foto: Lucas Pavin/Agência Avante!

Atuando em seus domínios, o João Pessoa teve as melhores ações ofensivas no primeiro tempo, principalmente nos pés do atacante Anderson. Mas o goleiro Alex apareceu bem para salvar os visitantes, que assustaram uma vez na etapa inicial, com Kelvin, que quase anotou um gol olímpico.

Já o segundo tempo se mostrou mais equilibrado e quem levou perigo primeiro foi o Cruz de Malta, em cabeçada de Kelvin, defendida por Rodrigão.

Porém, o João Pessoa foi letal quando chegou e abriu o placar, aos 23 minutos, com Prado. O capitão da equipe verde e branca arriscou chute de fora da área, a bola bateu na trave esquerda e foi entrando mansamente.

Comemoração do gol do João Pessoa, marcado por Prado | Foto Lucas Pavin/Agência Avante!

A partir daí, o time mandante soube administrar a vantagem e foi levando o jogo sem grandes sustos. Isso até os minutos finais, quando o Cruz surpreendeu e alcançou uma virada heroica.

Aos 40, após cobrança de escanteio, a bola chegou no segundo pau para Petry, que cabeceou para o meio da área e achou Claudinho, sozinho, para deixar tudo igual.

Já nos acréscimos, Café fez jogada individual, limpou a marcação fora da área e acertou uma bomba no ângulo. Um golaço para decretar a vitória e o título do Cruz de Malta na casa do rival.

Café anotou o gol da virada cruzmaltina | Foto Lucas Pavin/Agência Avante!

“Não íamos desistir até o último segundo. Buscamos o resultado que parecia improvável e essa nossa vontade fez a diferença. É mais um título muito importante para história do Cruz de Malta”, destacou Nino, zagueiro e capitão do Cruz.

“Infelizmente fizemos 1 a 0 e achamos que tinha terminado o jogo. Relaxamos e eles conseguiram os gols nos minutos finais. É triste perder um título em casa e depois da nossa campanha até então invicta, com melhor ataque e melhor defesa”, lamentou Prado, capitão e autor do gol do João Pessoa.

Nas premiações individuais, a artilharia ficou com Willian, do Flamengo, com quatro gols marcados, enquanto o goleiro menos vazado foi Rodrigão, do João Pessoa, com sete tentos sofridos.

Título do Sub-20 também é do Cruz

Antecedendo a final do ‘Titular’, a categoria Sub-20 encerrou com o mesmo campeão. Depois de vencer o jogo de ida por 3 a 0, o Cruz de Malta até perdeu a volta para o João Pessoa no tempo normal, por 2 a 0, com dois gols de Lucas Souza. Como não há critério de saldo de gols, a disputa foi para as penalidades.

Campeões do Cruz de Malta | Foto Divulgação

A equipe do Rio da Luz acabou sendo mais eficiente e conquistou o caneco ao vencer por 4 a 2. Apesar do vice, o João Pessoa terminou a categoria com o artilheiro Lucas Souza, com cinco gols marcados, e Anderson como goleiro menos vazado, com sete tentos.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?

×
close