Por Lucas Pavin Ficou bastante complicada a vida do Cruz de Malta, em busca do título inédito da Copa Norte de Futebol Amador. No jogo de ida da decisão, realizado na tarde de domingo (30), o time jaraguaense recebeu o América, de Joinville, e apesar do apoio maciço da torcida que lotou as dependências do Estádio Eurico Duwe, acabou sendo goleado por 4 a 1. Consistente do setor defensivo e apostando na velocidade dos contra-ataques, os visitantes foram superiores na etapa inicial e conseguiram marcar em duas oportunidades. Primeiro, com Felipe Coxinha, aos 19 minutos, e depois com Kiko, aos 41. Já no segundo tempo, o Cruz de Malta voltou melhor e diminuiu a desvantagem logo aos 4 minutos, em cabeceio do zagueiro Edson, após cobrança de escanteio. Mas o América jogou um balde de água fria na reação dos jaraguaenses, aos 11, com o segundo gol de Felipe Coxinha. Para piorar, Kiko também anotou seu segundo tento, aos 17, e decretou o placar de 4 a 1. “Nos esforçamos e demos o nosso melhor. Reconhecemos a qualidade do adversário que soube jogar em nossos erros e construiu um bom resultado. Mas temos o jogo de volta e vamos jogar com muita dedicação para honrar a camisa do Cruz”, disse o volante Vando. Com o revés, o cruzmaltino precisa vencer os joinvilenses por quatro gols de diferença no jogo de volta, que acontece no próximo domingo, no dia 7 de maio, no Estádio Olímpico, em Joinville, para se sagrar campeão. Um 4 a 1 para o Cruz força as penalidades.