Insatisfeitos com o atraso de salários, os jogadores do Cruzeiro anunciaram nesta quarta-feira (13) que não irão treinar até o acerto dos valores.

Todos os atletas publicaram uma nota em conjunto nas redes sociais, em que afirmam que os débitos chegaram a ter seis meses de atraso na atual temporada.

A diretoria quitou parte da folha de setembro, mas as últimas duas folhas salariais, valores de férias, 13º salário e FGTS ainda não foram acertados.

Além disso, funcionários do administrativo, do futebol feminino e da base também têm salários em aberto.

Essa não é a primeira vez que o elenco do time mineiro protesta pelo mesmo motivo. No ano passado, os jogadores não se concentraram antes de uma partida pela Série B por conta de salários atrasados.