O Criciúma Esporte Clube emitiu comunicado neste domingo (17) onde afirma que, em reunião com toda a sua diretoria, decidiu formular um ofício com reclamações referentes a lances da partida do último sábado (16).

Através de interseção à Federação Catarinense de Futebol (FCF), o documento será enviado à Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) referente a partida contra o Botafogo-PB no estádio Heriberto Hülse.

Anexo ao documento, estarão as imagens da expulsão do volante Dudu Vieira, onde o clube entende ter havido uma precipitação do árbitro Paulo Cesar Zanovelli da Silva; da não expulsão do lateral-direito Sávio, aos 48 minutos do primeiro tempo, quando o mesmo já havia recebido cartão amarelo em um lance anterior; e, por último, do lance da expulsão do volante Léo Costa, quando, segundo o comunicado do Criciúma "a imagem claramente mostra que o atleta do Criciúma recebeu um pisão antes de revidar. Portanto, os dois atletas deveriam ter sido expulsos", afirma o comunicado.

Conforme o clube, a ação tem como objetivo evitar que erros como esses aconteçam novamente.

"O VAR (árbitro assistente de vídeo) é uma ferramenta criada para evitar qualquer tipo de injustiça durante a partida, e queremos que ele seja utilizado de forma correta", afirma o comunicado

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp