Segundo matéria publicada pelo jornal ‘O Globo’ nesta terça-feira (22), o Ministério da Saúde aprovou o plano da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) de retorno de público nos estádios do país.

A proposta seria da volta com até 30% de torcida nas arquibancadas, com cada estado e município realizando seus protocolos e adotando medidas sanitárias apropriadas para receber torcedores.

A aprovação da CBF é apenas um passo de tantos outros para que haja liberação. O próximo teria que ser o aval de cada estado e cidade. Também é necessário um consenso entre os clubes, já que hoje alguns são favoráveis a volta da torcida e outros não. Em nota, o Criciúma Esporte Clube afirmou que "aguarda as definições das autoridades para elaborar uma logística que atenda todas as exigências, garantindo segurança aos nossos torcedores na tão esperada volta ao Majestoso", diz a publicação.

A proposta de retorno dos torcedores engloba diretrizes como liberação para até 30% da capacidade de público e presença apenas de torcedores do clube mandante da partida, ou seja, sem torcida visitante.

Reunião discute o retorno desta sexta-feira

Em nota, a CBF informou que o próximo passo para o desenvolvimento do plano de retorno será a realização de uma reunião com os clubes disputantes da Série A para discussão do tema, nesta quinta-feira (24) às 16h30, por videoconferência, seguida do início da consulta às autoridades estaduais e municipais responsáveis.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp