O aumento nos números de casos de coronavírus em todo Brasil começa a refletir nos clubes. E três equipes, duas da Série A e uma da Série B, passam por momento de surto em seus elencos.

O da segunda divisão é o catarinense Avaí, que tem 10 casos ativos: seis jogadores, três integrantes da comissão técnica e um do departamento de futebol.

Confira a lista

  • Diogo Fernandes (coordenador de futebol)
  • Evando (auxiliar)
  • Felipe
  • Gastón Rodriguez
  • Geninho (técnico)
  • Pedro Castro
  • Pedro Mohr (fisiologista)
  • Rafael Pereira
  • Ronaldo
  • Zé Marcos

Técnico Geninho está com coronavírus | Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas.

Já da elite, o surto passa por Palmeiras e Atlético-MG. O alviverde paulista totaliza 17 contaminados, sendo 15 jogadores.

Nesta semana, Jailson, Vinicius, Kuscevic, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Pedro Acácio, Marino e o assistente técnico João Martins testaram positivo.

Eles se juntam aos atletas Alan Empereur, Gabriel Veron, Luan, Danilo, Rony, Gabriel Silva, Gabriel Menino e Matías Viña, e o assessor técnico Edu Dracena.

No Galo mineiro, são 14 infectados. O último positivado saiu nesta terça-feira (17), com o nome do auxiliar Carlos Desio, da equipe de transição.

Entre os atletas afastados está Gabriel, Alan Franco, Sávio, Rômulo e Ruben Dias. Os demais são da comissão técnica e diretoria.

Caso de Jorge Sampaoli (técnico), Gabriel Andreata (gerente de futebol), Jorge Desio (auxiliar técnico), Pablo Fernandez (preparador físico), Marcos Fernandez (auxiliar de preparação física), Domênico Bhering (diretor de Comunicação), Frederico Fortes (analista de desempenho) e Danilo Minutti (treinador de goleiros).

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul