Mesmo sob muitas críticas, o Campeonato Brasileiro de futebol iniciou na última sexta-feira (7) e vem cumprindo jogos quase diariamente em suas três primeiras divisões.

Mas com o país ainda atravessando um momento crítico em relação ao novo coronavírus, a competição já tem 54 casos positivos da doença em apenas cinco dias, que, inclusive, resultaram em suspensão de partidas.

Os infectados estão espalhados pelas Séries A, B e C, enquanto a Série D ainda não começou. O clube com maior número é o CSA, de Alagoas, que soma 18 casos em seu elenco.

CSA e Guarani entraram em campo pela Série B do torneio nacional. Um dia antes da partida, time de Alagoas anunciou que oito jogadores testaram positivo para Covid-19 | Foto: Augusto Oliveira/Ascom CSA

Os resultados fizeram com que o jogo contra a Chapecoense, que seria na quarta-feira (12), pela segunda rodada da segunda divisão, fosse adiado.

O mesmo aconteceu com o duelo da elite entre Goiás e São Paulo. No último domingo (9), as equipes já estavam no gramado quando veio a confirmação, minutos antes da bola rolar, de que nove atletas do time goiano estavam contaminados.

Na Série C, o jogo entre Treze-PB e Imperatriz-MA também foi adiado após 12 testes positivos na equipe maranhense.

Entre os clubes de Santa Catarina, apenas o Brusque registrou um caso, antes da estreia na terceira divisão.

Protocolo alterado

O alto número de infectados fez a CBF agir e mudar o protocolo de segurança antes das partidas para evitar novos adiamentos.

Um deles foi exigir os testes com 72 horas de antecedência a cada partida e até para os que não serão relacionados para os jogos.

Outra mudança é que os resultados devem ser enviados à entidade até 24h antes da partida pelo clube mandante, e até 12h antes da viagem pelo clube visitante.

Além disso, a entidade também deixou a cargo dos clubes a opção de realizar os testes no Hospital Albert Einstein, onde as análises estavam centralizadas, ou em laboratórios locais. A CBF custeia os testes nos dois casos.

As tentativas vão continuar à prova, mas nada que garanta o fim dos problemas em meio a pandemia, que vive seu auge no Brasil.

Equipes com casos desde a retomada do Brasileirão

SÉRIE A
Goiás: 10 jogadores
Atlético Goianiense: 4 jogadores
Botafogo: 2 jogadores
Corinthians: 2 jogadores

SÉRIE B
CSA: 18 jogadores

SÉRIE C
Imperatriz-MA: 14 jogadores
Vila Nova: 2 jogadores
Brusque: 1 jogador
São Bento: 1 jogador

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul