Nesta sexta-feira (20), o Reino do Marrocos anunciou que a Copa do Mundo de 2030 no país terá um estádio em Benslimane, com capacidade para 113 mil pessoas e custo estimado em 5 bilhões de 5 dirhams, equivalente a R$ 2,4 bilhões.

As obras devem ocorrer entre 2025 e 2028, e a arena que vai ser chamada de "Grande Estádio Africano" deve receber a final do Mundial. Além do Marrocos, essa edição ainda terá como sedes principais Espanha e Portugal. Já a abertura será no Uruguai, que sediará outros jogos da primeira rodada junto com a Argentina.

Marrocos também confirmou um programa de renovação de seis estádios, em diferentes cidades. São eles: Estádio Ibn Batouta (Tânger), Complexo Mohammed V (Casablanca), Estádio Príncipe Moulay Abdullah (Rabat), Grande Estádio de Agadir (Agadir), Grande Estádio de Marrakech (Marrakech) e Complexo Desportivo de Fez (Fez).