O jogo entre River Plate-ARG e Independiente Santa Fe-COL nesta quarta-feira (19), pelo grupo D da Libertadores, deve ter uma cena pra lá de inusitada.

Com surto de Covid-19 no elenco, a tradicional equipe argentina teve o pedido negado pela Conmebol para que pudesse inscrever dois novos goleiros na sua lista da competição.

Com isso, o time do técnico Marcelo Gallardo deve ter apenas 10 jogadores disponíveis e terá que escalar um jogador de linha na posição de goleiro.

Ao todo, 25 atletas do Millonario estão contaminados, sendo todos os arqueiros inscritos pelo clube. A opção mais provável é que o lateral Milton Casco seja o escolhido como goleiro.

O River tem seis pontos e está na segunda colocação de sua chave na Libertadores, que tem o Fluminense como líder.