Confirmado afastamento de ex-presidente e diretor do Juventus

Meldola garantiu que o elenco segue focado em levar o Juventus de volta à elite do futebol catarinense - Foto: Eduardo Montecino/OCP Online Meldola garantiu que o elenco segue focado em levar o Juventus de volta à elite do futebol catarinense - Foto: Eduardo Montecino/OCP Online

Esporte

Por: OCP News Jaraguá do Sul

quarta-feira, 04:00 - 29/06/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Após as polêmicas envolvendo o ex-presidente Jeferson de Oliveira e o diretor de futebol José Pereira, a diretoria do Juventus se pronunciou, ontem, buscando dar um ponto final a todos os problemas envolvendo o clube. Em coletiva de imprensa realizada no Estádio João Marcatto, o atual mandatário Sergio Luiz Meldola repudiou as declarações vinculadas ao Tricolor nos últimos dias e anunciou oficialmente o afastamento dos dois profissionais de qualquer cargo dentro do clube. Com isso, a diretoria deve apresentar, nos próximos dias, os novos nomes que irão compor a diretoria para o restante da temporada. De momento, a alta cúpula é formada pelo presidente Sergio Meldola, Augusto Pereira (diretor de patrimônio), Marciano Machado (diretor de mareketing), Francisco Rocha Santos Neto (gerente de futebol), além de Luciano Besin e Marcio Testa (conselheiros fiscais). Segundo Meldola, até o fim desta semana, serão anunciados o novo diretor de futebol, tesoureiro, conselheiros fiscais e vice-presidente. “Não podemos divulgar os nomes, mas queremos anunciar os novos dirigentes até sexta-feira. Todos são de Jaraguá do Sul e buscamos pessoas com perfil honesto”, disse. Ainda de acordo com o presidente, o principal foco da diretoria no momento é a conversa com os patrocinadores para que mantenham a parceria com o clube e não deixem o projeto a poucos dias da estreia na Série B. “Não tem nada concreto ainda e vamos conversar com cada um. Não tivemos tempo ainda para fazer este trabalho, mas vamos fazer esta intermediação dessa negociação pessoalmente. O único que tem contrato é a Orsegups, mas acreditamos que os outros (Assessoritec, Supermercados Brasão e Óticas Diniz) permaneçam”, finalizou Meldola. Ex-diretor presta contas Agora ex-diretor de futebol do Juventus, José Pereira, divulgou a imprensa, na manhã de ontem, a prestação de contas do clube durante os pouco mais de dois meses que esteve a frente do cargo. Desde remédios para atletas, passagens de avião, salários, entre outros gastos, ele apresentou um total de despesas de R$ 21.997,74 para uma entrada de R$ 23.600,00 nos cofres do clube, referente a uma parcela de patrocínio da Orsegups e taxas de R$ 450 cobradas aos atletas que passaram por avaliação nas peneiras, como forma de ajuda na alimentação. Após divulgar a prestação de contas, Pereira voltou a acusar o ex-presidente Jeferson de Oliveira, apresentando um vale de comissão do clube no valor de R$ 2.250, assinado pelo próprio vereador. Além disso, declarou que o clube deve dois meses de salários a ele e o ex-diretor de marketing, Thiago Mansur. “Estou com aluguel atrasado, porque ele (Jeferson) ficou de me pagar e não pagou. Eu não queria estar fazendo isso, mas as máscaras tem que cair. Eu não fui conivente com a situação e ele acabou me demitindo, mostrando que manda e desmanda no clube”, disse. O vereador Jeferson de Oliveira foi procurado pela reportagem, mas declarou que irá esperar uma posição oficial da atual diretoria e dos advogados para falar sobre a situação.
×