A passagem de Jean Deretti pelo futebol da Romênia não terminou do jeito que ele esperava. Cria do projeto Futsal Menor, do Colégio Evangélico Jaraguá, o jogador rompeu o ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho direito no último jogo da temporada 2019 e rescindiu contrato com o Academica Clinceni.

O vínculo do meia com o clube romeno era válido até julho, com opção de renovação por mais um ano. Porém, optou pela rescisão para fazer todo tratamento em Jaraguá do Sul.

A cirurgia realizada há pouco mais de uma semana foi um sucesso, conforme relatou o médico do Jaraguá Futsal, Darian Boccacio.

Além da recuperação do LCA, foi corrigida uma pequena falha no menisco lateral mas que, segundo o especialista, não afetará a recuperação prevista para durar entre seis e oito meses.

“A cirurgia foi dentro do planejado e sem intercorrências. O Jean vai permanecer conosco até o fim do tratamento, fazendo testes que nos dão uma maior confiabilidade até a hora de liberá-lo”, disse Darian.

Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

Junto com o acompanhamento médico, Deretti já vem fazendo duas sessões diárias de fisioterapia com outro profissional do Jaraguá Futsal, o fisioterapeuta Wilson Gomes Junior.

“O foco principal agora é o alívio dos sintomas, diminuição do processo inflamatório e melhora da extensão do joelho. Passo a passo, ele vai evoluindo até que possa voltar as suas atividades normais”, destacou Junior.

Essa é a primeira vez que o atleta de 26 anos sofre com uma lesão deste porte. Segundo ele, as atenções no momento estão todas voltadas para recuperação, mas revelou que já teve conversas com dois clubes, que ofereceram a possibilidade de fazer a parte final do tratamento.

“Agora só estou focado em me recuperar, principalmente nesses primeiros meses que são muito importantes. Vou ver como vou evoluir e depois decidir, mas minha ideia é continuar fora do Brasil, onde a temporada começa em agosto e coincide com o fim do meu tratamento”, afirmou.

Revelado no Figueirense, Jean Deretti já vestiu as camisas do Grêmio, Joinville, Mogi Mirim (SP) e Ypiranga (RS) no Brasil. Fora do país, defendeu o Dila Gori, da Georgia, e FK Senica, da Sérvia, além do próprio Clinceni.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger