O Juventus perdeu os 100% de aproveitamento jogando em casa no Campeonato Catarinense. Mas o time tem muito o que comemorar o ponto somado na tarde deste sábado (10), contra o Marcílio Dias.

Após sair atrás do placar no estádio João Marcatto, o Tricolor foi valente até o fim e arrancou o empate em 1 a 1 nos acréscimos, na partida válida pela nona rodada.

Em vacilo da defesa juventina, Nathan Cachorrão marcou o gol do Marinheiro, aos 10 minutos do segundo tempo, enquanto Deivide deixou tudo igual, aos 46, após grande jogada de Fabinho.

Deivide comemorando seu primeiro gol no Estadual | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Situação na tabela

O empate no “apagar das luzes” deixa o Moleque Travesso cada vez mais próximo da classificação ao mata-mata, além de impedir a ultrapassagem do próprio Marcílio na tabela.

Com 14 pontos, a equipe jaraguaense segue na quarta colocação, deixando o time de Itajaí em quinto, com 13.

O único que pode tirar a posição do Juve ao final da rodada é o rival Joinville, que joga neste domingo (11), diante do Figueirense, em Florianópolis.

Próximo compromisso

O Estadual novamente não terá rodada no meio de semana e o Tricolor só volta a jogar no dia 18 (domingo), contra o Metropolitano, às 16h, no estádio Hermann Aichinger, em Ibirama.

No mesmo dia e horário, o Marcílio Dias pega a Chapecoense, em Itajaí. Essa será a penúltima rodada da primeira fase.

Primeiro tempo

A primeira metade do jogo foi de muito estudo e pouquíssimas chances de gol. Diante de um adversário bem fechado, o Juventus trocava muitos passes no ataque, mas não conseguia entrar na defesa do Marcílio Dias.

A única oportunidade veio com Fabinho, que pegou sobra fora da área e chutou forte para boa defesa de Belliato.

Lance do jogo | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Já o Marinheiro até assustava em algumas escapadas de contra-ataque, mas não chegou a criar uma chance real de gol.

O resultado foi um primeiro tempo sem grandes emoções e nada de gol.

Segundo tempo

Mesmo com alterações de ambos os times no intervalo, como a entrada de Robertinho no lugar de Jeffinho, do lado tricolor, a etapa final se desenhava da mesma forma.

Até que, aos 10 minutos, Allan saiu jogando errado e deixou as bolas nos pés de Medina. O atacante aproveitou e tocou para Nathan Cachorrão, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol.

A desvantagem fez o Moleque Travesso acordar na partida e passar a levar mais perigo. Allan e Vini Garcia tiveram boas chances em bolas levantadas na área, mas cabecearam por cima da meta.

Com o tempo passando, o técnico Pingo foi colocando peças do banco no jogo, como Deivide, Luccas Brasil e Christian, e o Juve foi para pressão final.

Deivide acabou sendo decisivo para o placar final | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Robertinho teve a chance do empate, aos 42, após bela jogada de Brasil pela direita, mas, de frente para o gol, pegou mal na bola e mandou por cima.

Quando a vitória do Marcílio já parecia certa, apareceu Fabinho, o destaque da equipe jaraguaense na temporada.

Nos acréscimos, o experiente atacante deu um passe milimétrico para Deivide, que apareceu nas costas da zaga, driblou Belliato e empurrou para o gol, deixando tudo igual no estádio João Marcatto: 1 a 1.

Ficha técnica: Juventus 1×1 Marcílio Dias

Local: Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Data: 10/04/2021 (sábado)
Horário: 16h (horário de Brasília)
Arbitragem: Heber Roberto Lopes, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Henrique Neu Ribeiro
Gols: Deivide, aos 46/2T (Juventus); Nathan Cachorrão, aos 10/2T (Marcílio Dias)
Cartões amarelos: Genilson (Juventus)
Juventus: Iago Hass; Genilson (Luccas Brasil), Vitor Caetano, Allan e Cesinha; Tássio (Christian), Vini Garcia, Eric Di Maria (Deivide), Fabinho e Jeffinho (Robertinho); Giovanni. Técnico: Pingo
Marcílio Dias: Belliato, Weriton, Magrão (Rafael Klein), Luan e Fernando; Luis Meneses, Diego Silva (Luiz Renan) e Nathan Ferreira (Guilherme); Nathan Cachorrão (Gustavo Henrique), Franklin e Batista (Medina). Técnico: Teco

 

Classificação

Artilharia

3 gols – Fabinho
2 gols – Alemão
2 gols – Wallinson
1 gol – Giovanni
1 gol – Tássio
1 gol – Eric Di Maria
1 gol – Deivide

Tabela

fase

24/02/21 – Avaí 2×0 Juventus (saiba mais)
20h30, na Ressacada, em Florianópolis (SC)

27/02/21 – Juventus 2×0 Criciúma (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Fabinho e Alemão

04/03/21 – Juventus 2×0 Hercílio Luz (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Fabinho e Alemão

21/03/21 – Chapecoense 2×0 Juventus (saiba mais)
16h, na Arena Condá, em Chapecó (SC)

25/03/21 – Juventus 3×2 Figueirense (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Giovanni, Tássio e Wallinson

28/03/21 – Brusque 4×0 Juventus (saiba mais)
16h, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC)

31/03/21 – Juventus 3×2 Joinville (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Eric Di Maria, Wallinson e Fabinho

04/04/21 – Próspera 0×0 Juventus (saiba mais)
16h, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

10/04/21 – Juventus 1×1 Marcílio Dias
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gol: Deivide

18/04/21 – Metropolitano × Juventus
16h, no Estádio Hermann Aichinger, em Ibirama (SC)

21/04/21 – Juventus × Concórdia
21h30, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)