"Sai pra lá, crise!". Foi mais ou menos este o recado que o Juventus deixou neste domingo (4) e sem precisar ser brilhante para deixar o estádio João Marcatto reabilitado na Série D do Campeonato Brasileiro.

Pressionado pelo início ruim na competição, o time de Pingo soube controlar o jogo para conquistar sua primeira vitória no Grupo A8, sobre o Marcílio Dias por 2 a 0, em duelo válido pela quinta rodada.

Apresentado nesta semana, o atacante Lucas Vieira brilhou em sua estreia ao abrir o placar no primeiro tempo.

Já na etapa final, o volante Tássio, de cabeça, marcou seu primeiro gol na Série D e decretou a vitória juventina sobre o algoz das quartas de final do Estadual.

Situação na tabela

Com o primeiro resultado positivo, o Juventus vai a cinco pontos e pula do sétimo para o quinto lugar da chave, ultrapassando o próprio Marinheiro, que agora é sexto colocado com a mesma pontuação, mas com menor saldo de gols (0 a -4).

Além disso, o time jaraguaense se aproxima da zona de classificação, ficando apenas um ponto atrás do Esportivo, primeiro time dentro do G-4.

Próximo compromisso

Após dois jogos consecutivos em casa, o Tricolor volta a atuar longe de Jaraguá do Sul na próxima rodada. E será um desafio árduo.

No Paraná, a equipe jaraguaense enfrenta o FC Cascavel, líder do grupo, às 19h de sábado (10), no estádio Olímpico Regional.

No mesmo dia, o Marcílio encara o Esportivo, às 15h, no estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí.

Primeiro tempo

O técnico Pingo promoveu duas mudanças no time titular, sendo ambas no ataque, com as entradas de Pablo e o recém-contratado Lucas Vieira nos lugares de Flavio e Giovanni.

Como de costume, o Tricolor teve o controle da bola e foi melhor no primeiro tempo. Não foram muitas chances de gol, principalmente por alguns erros no último passe ou finalização.

Foto: Bruno Golembiewski/CNMD

Mesmo assim, ocupou o campo de ataque e foi premiado pela iniciativa, aos 42 minutos. Após escanteio, Cesinha pegou a sobra e mandou a bola para área.

A defesa do Marcílio Dias dormiu e deixou Lucas Vieira sozinho, que dominou e tocou na saída do goleiro para abrir o placar, logo em sua estreia pela equipe.

Todo recuado e jogando só pelo contra-ataque, o Marinheiro pouco agrediu e o goleiro Iago Hass foi praticamente um espectador na etapa inicial.

Segundo tempo

Os papeis se inverteram na volta do intervalo. Com a desvantagem, os visitantes tentaram uma blitz nos primeiros cinco minutos e assustaram em chute de Ligeiro, que Iago defendeu, e em cobrança de falta de Gustavo Henrique, que passou por cima.

Mas diferentemente do adversário no primeiro tempo, o Juve soube aproveitar as brechas e não deixou de criar oportunidades mesmo postado um pouco mais atrás.

Fabinho, em finalização por cima da meta, e Marllon, que parou em boa defesa de Victor Hugo, levaram perigo depois dos 10 minutos, período em que Iago Hass também apareceu bem para evitar gol de Kendy.

Até que, aos 15, veio o lance crucial do jogo. Em cobrança de escanteio de Marllon, Tássio subiu sozinho dentro da pequena área e cabeceou no canto esquerdo para aumentar a vantagem do time da casa.

Tássio (D) marcou pela primeira vez na competição | Foto: Bruno Golembiewski/CNMD

A partir daí, o Moleque Travesso passou a administrar o resultado. Pingo colocou sangue novo na equipe, com as entradas de Flavio, Matheus Claudino e Eric Di Maria nas vagas de Lucas Vieira, Tássio e Pablo.

Trocas mais para segurar o ímpeto do Marcílio. E deu certo, já que o rival criou apenas uma chance mais aguda, em cabeçada de Vinicius Kuerten, que Iago salvou.

Nos acréscimos, Flavio ainda quase marcou o terceiro, mas parou em Victor Hugo. E ficou nisso. Placar final: 2 a 0.

Ficha técnica: Juventus 2×0 Marcílio Dias

Local: Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Data: 04/07/2021 (domingo)
Horário: 15h (horário de Brasília)
Arbitragem: Luiz Paulo da Silva Aniceto (DF), auxiliado por Luciane Rodrigues dos Santos (SC) e Hector Andrew Lisboa Jacques (SC)
Gols: Lucas Vieira, aos 42/1T, e Tássio, aos 15/2T (Juventus)
Cartões amarelos: Genilson, Fabinho, Tássio (Juventus); Luiz Renan, Luan, Wellington, Nathan Ferreira (Marcílio Dias)
Juventus: Iago Hass; Genilson (Maninho), Felipe Gregório, Mauricio e Cesinha; Allan (Vini Garcia), Tássio (Matheus Claudino) e Marllon; Fabinho, Lucas Vieira (Flavio) e Pablo (Eric Di Maria). Técnico: Pingo
Marcílio Dias: Victor Hugo; Gustavo Henrique, Luan, Wallace (Vinicius Kuerten) e Fernando; Luiz Renan (Kendy), Julinho e João Henrique (Alessandro); Anderson Ligeiro, Marcos Júnior e Wellington (Nathan Ferreira). Técnico: Teco

Classificação do Grupo A8

Artilharia

1 gol – Rayan
1 gol – Lucas Vieira
1 gol – Tássio

Tabela do Juventus

fase

06/06/21 – Juventus 1×1 Caxias (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gol: Rayan

12/06/21 – Esportivo 2×1 Juventus (saiba mais)
19h, no Estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS)
Gol: Chicão (contra)

19/06/21 – Joinville 1×0 Juventus (saiba mais)
15h, na Arena Joinville, em Joinville (SC)

27/06/21 – Juventus 0×0 Rio Branco (saiba mais)
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)

04/07/21 – Juventus 2×0 Marcílio Dias
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Lucas Vieira e Tássio

10/07/21 – FC Cascavel × Juventus
19h, no Estádio Olímpico Regional, em Cascavel (PR)

18/07/21 – Juventus × Aimoré
16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)

Tabela do returno ainda não foi divulgada