Clássico: Juventus e Jaraguá se enfrentam no Estádio João Marcatto

Jaraguá busca vitória para se distanciar da luta contra o rebaixamento, enquanto Juventus quer se aproximar ainda mais da zona de acesso - Fotos: Eduardo Montecino/OCP Online Jaraguá busca vitória para se distanciar da luta contra o rebaixamento, enquanto Juventus quer se aproximar ainda mais da zona de acesso - Fotos: Eduardo Montecino/OCP Online

Esporte

Por: OCP News Jaraguá do Sul

sábado, 04:00 - 17/09/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Chegou a hora de Juventus e Sport Club Jaraguá escreverem o segundo capitulo de sua recente rivalidade. Após duelarem na abertura da Série B do Campeonato Catarinense, no dia 17 de julho, quando o Leão do Vale levou a melhor ao vencer por 1 a 0, as equipes voltam a se enfrentar, amanhã, às 15h30, no Estádio João Marcatto, em duelo que marca o início do returno do Estadual. Os dois times chegam ao clássico em momentos opostos na competição. Apesar da vitória sobre o co-irmão no turno, o Jaraguá caiu de rendimento ao longo das rodadas e amarga uma sequência negativa de seis derrotas consecutivas, ocupando atualmente a vice-lanterna da Segundona, com apenas seis pontos. Para reverter a incômoda situação na tabela, a diretoria promoveu mudanças no elenco, com a saída de quatro atletas e contratação de outros sete jogadores, além da substituição no comando técnico, com a chegada de Rodrigo Cascca para o lugar de Michael Neves. Sem nenhum desfalque para o novo embate diante do Juventus, Cascca irá promover a entrada do recém-contratado Thurran no meio-campo na vaga de Maranhão, e André volta a ser o goleiro titular. De resto, o time será o mesmo da derrota para o Hercílio Luz na última rodada, com André; Jamaica, João Campestrini, Alagoas e Maicon; João Pedro, Nêgo, Thurran e PH; Eduardo e Tanque. “Sabemos que é um jogo muito importante por ser duas equipes da mesma cidade. Temos que pontuar, mas sabemos que não é um jogo decisivo por ter muitas rodadas pela frente. Pedimos o apoio do torcedor e esperamos sair vitoriosos no fim da partida”, disse o treinador. Pelo lado do Juventus, a confiança é grande. Após oscilar no início do campeonato, o Tricolor apresentou uma consistência maior ao passar dos jogos e com as duas vitórias seguidas nas últimas rodadas, alcançou a quarta colocação, com 14 pontos, apenas três a menos em relação ao Tubarão, que é o primeiro time dentro do G2 – a zona de classificação à elite do futebol catarinense. Para o atacante Sabiá, o revés sofrido para o rival no mês de julho serviu como aprendizado e motivação para a equipe reagir e buscar o acesso ao fim do ano. “Perdemos naquela primeira rodada e sentimos bastante. Hoje estamos mais concentrados e embalados para conseguir a vitória. O Jaraguá mudou peças e também vem forte, mas temos que fazer o dever de casa para continuar sonhando com o acesso. Uma vitória é fundamental para ficar mais perto dos líderes e estamos apostando nisso”, destacou. Com os desfalques de Jonathan, Paulinho e Paulo Ricardo, entregues ao departamento médico, além de Alex Amaro, suspenso, o técnico Eduardo Clara deve mandar a campo um time com Dida; Brenner, Linno, Thiago Viana e Rodolfo; Felipe Cristiano, Baiano, Marcelo Quilder e Max; Sabiá e Matheus Leiria.
×