O Comitê Olímpico Internacional (COI) confirmou nesta quinta-feira (11) que a China ofereceu doses de vacina contra o novo coronavírus para os participantes da Olimpíada e Paralimpíada de Tóquio deste ano, e dos Jogos de Inverno de Pequim de 2022.

Não foram divulgados detalhes desta distribuição nem quando tais doses estarão disponíveis, mas o acordo já está oficializado.

“O COI recebeu uma oferta gentil do Comitê Olímpico da China, que ofereceu vacinas não só para os atletas olímpicos dos Jogos de Inverno de Pequim 2022, mas também para os de Tóquio 2020. Essa cooperação com o COI para disponibilizar as doses da vacina poderão ser de duas formas: via colaboração de parceiros internacionais ou em países em que já há acordos de fornecimento de vacina com o governo chinês” disse Thomas Bach, presidente do COI.

A Olimpíada de Tóquio foi adiada no ano passado por causa da pandemia, mas foi remarcada para o período de 23 de julho a 8 de agosto de 2021. O evento envolve mais de 10 mil atletas.