No fim da noite de terça-feira (11), o Atlético-GO conseguiu recurso junto a CBF para escalar os quatro jogadores que testaram positivo para Covid-19, no jogo desta quarta-feira (12), contra o Flamengo.

O clube alega que todos já cumpriram o protocolo de quarentena, estão em reta final de contaminação, e, por isso, "não têm mais o potencial de transmissão da doença", o que foi acatado pela comissão médica da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

“Houve uma interpretação errônea divulgada na mídia. Mas já existia uma preocupação minha em relação a esses jogadores, então eu estava preparado. Eu já tinha montado todo meu recurso caso isso ocorresse, antes de ter os resultados em mãos. Apenas enviei à comissão médica”, destacou Gleyder Sousa, médico do Atlético-GO.

O confronto entre o Dragão e o rubro-negro começa às 20h30, em Goiânia, e é válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul