De férias em Jaraguá, Léo (D) já vem se preparando para próxima temporada com trabalhos junto ao fisioterapeuta Wilson Gomes Junior (E) | Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes
De férias em Jaraguá, Léo (D) já vem se preparando para próxima temporada com trabalhos junto ao fisioterapeuta Wilson Gomes Junior (E) | Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

Ser campeão da Liga dos Campeões da Europa, seja no futebol ou no futsal, já é um grande feito. Agora imagine conquistar o título por três vezes. Pois essa foi a façanha do jaraguaense Leonardo Mendonça da Rosa, ou simplesmente Léo, que defende as cores do Sporting, de Portugal.

De férias em Jaraguá do Sul, o jogador de 32 anos ainda comemora uma temporada vencedora no clube português, o qual já havia atuado entre 2016/2017, em meio aos oito anos e muitos títulos conquistados no Kairat, do Cazaquistão.

Neste início de segunda passagem pelo Sporting, foram, nada mais nada menos, que três taças já levantadas de cinco possíveis.

Mesmo caindo nas quartas de final da Taça da Liga de Portugal e perdendo o quinto jogo da final do Campeonato Português para o rival Benfica, o time alviverde sagrou-se campeão da Taça e Supertaça de Portugal, além da cobiçada Liga dos Campeões.

Léo (D) durante a final da Champions contra o Kairat | Foto Nikita Bassov

A vitória na decisão foi justamente sobre o Kairat, seu ex-clube, onde ajudou a conquistar os títulos europeus de 2013 e 2015.

“Foi um final positivo apesar de termos perdido o Campeonato Português. Conseguimos um título que o Sporting perseguia há muitos anos, inédito para o clube. Então foi um feito histórico”, declara.

Com mais um ano de contrato, Léo se reapresenta ao clube português no próximo dia 1º de agosto.

Enquanto isso, aproveita o período de folga na cidade natal para matar saudades da família e amigos, e se encontrar regularmente com o fisioterapeuta do Jaraguá Futsal, Wilson Gomes Junior, como uma forma de diminuir o risco de lesões no retorno à Europa.

“Atleta de alto nível não pode parar. Faço manutenção de fisioterapia e parte física para voltar bem. Última temporada fiz isso e quase não tive lesões. Estou mantendo isso para ter mais uma boa temporada”, finaliza.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

Telegram

Facebook Messenger

WhatsApp