Foto Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC
Foto Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Na noite desta quarta-feira (16), o Brusque lutou bastante e fez boa partida diante de um adversário da elite do futebol brasileiro. Mas, com erros bobos cometidos pela defesa da equipe catarinense, o Ceará ganhou por 2 a 0, em pleno Estádio Augusto Bauer, e saiu em vantagem no confronto válido pela quarta fase da Copa do Brasil.

Apesar do revés, o Quadricolor ainda sonha com a inédita classificação para as oitavas de final da competição. O jogo de volta está marcado para a próxima quarta-feira (23), às 21h30, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Para ficar com a vaga, o time do Vale do Itajaí precisará vencer por três ou mais gols de diferença. Uma vitória por dois gols leva a decisão para os pênaltis. Qualquer outro resultado dá a classificação para o Ceará.

Primeiro tempo

O jogo iniciou movimentado. Logo no primeiro minuto, o ataque cearense trabalhou bem a bola e Leandro Carvalho finalizou forte, com perigo para o goleiro Zé Carlos. Depois disso, os donos da casa foram superiores e conseguiram empurrar o adversário para o campo de defesa.

Embora tenha conseguido dominar as ações na etapa inicial, o Brusque abusou dos cruzamentos na área e acertou apenas um chute na direção do gol.

Aos 24, Alex Sandro recebeu pela esquerda, cortou o zagueiro e bateu rasteiro para defesa do veterano Fernando Prass. Sete minutos mais tarde, os mandantes reclamaram de pênalti após a bola tocar no braço de William Oliveira, mas o árbitro interpretou como involuntário.

O Ceará abriu o placar aos 39, numa infelicidade do goleiro Zé Carlos. Pressionado, ele tentou afastar a bola, que ficou com o ataque alvinegro. Leandro Carvalho recebeu passe de Fernando Sobral e, livre, chutou cruzado para estufar as redes.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, os campeões da Copa do Nordeste quase ampliaram o marcador. Aos 5 minutos, o atacante Rafael Sóbis mandou uma pancada no travessão. Contudo, assim como no primeiro tempo, o Brusque continuou em cima do Ceará e teve duas boas chances em chutes de Rodolfo Potiguar.

Aos 20, o volante finalizou forte, de fora da área, fazendo Prass se jogar para evitar o empate. Dois minutos depois, Potiguar chutou novamente, a bola desviou e tirou tinta da trave.

A partida se desenrolava em ritmo frenético, com raros momentos de bola parada. Pouco antes do cronômetro marcar 30 minutos, Fernando Sobral ficou cara a cara com Zé Carlos e tocou por cima da meta, perdendo grande oportunidade de anotar o segundo dos cearenses.

Na base do desespero, o Brusque se lançou ao ataque na tentativa de igualar o placar. No entanto, aos 46, em um contra-ataque veloz, Vinicius recebeu livre de marcação, driblou Zé Carlos e apenas rolou para o fundo das redes, garantindo o triunfo por 2 a 0.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul