Neste domingo (24), o Brusque Futebol Clube derrotou o Marcílio Dias e conquistou o pentacampeonato da Copa Santa Catarina, isolando-se como o maior vencedor da história da competição. O grito de campeão foi solto fora de casa, no Estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí, após cobranças de pênaltis, que terminou em 4 a 2. O título garantiu a vaga da equipe na Copa do Brasil em 2020.

David Batista faz o gol que levou a decisão para os pênaltis | Foto Comunicação FCF

No tempo regulamentar, o Marcílio Dias venceu por 1 a 0, gol do atacante David Batista logo aos dois minutos de partida, e devolveu o revés sofrido por 2 a 1 no jogo de ida, em Brusque, levando a definição do campeonato para as penalidades.

Pela conquista, os brusquenses receberam o “Troféu Jornalista Rafael Henzel”, homenagem ao comunicador que faleceu no primeiro semestre deste ano. A equipe já havia ficado com o título da Copa SC em 1992, 2008, 2010 e 2018.

Zé Carlos, goleiro do Brusque, defende a primeira cobrança de penalidade do Marcílio Dias | Foto Comunicação FCF

Com o resultado, a temporada entra para a história do Brusque. Em 2019, além da Copa SC, o clube foi campeão do Campeonato Brasileiro da Série D, um feito inédito para o futebol catarinense. No ano que vem, o time voltará a disputar a terceira divisão do Brasileirão após mais de três décadas de sua última participação.

Quer receber as notícias no WhatsApp?