Um dos grandes atletas do paradesporto brasileiro, Thaynã Higor, de 25 anos, foi morto a tiros em Praia Grande, no litoral de São Paulo.

Na companhia da noiva e familiares, o lutador aguardava um carro em frente a um restaurante, quando foi surpreendido por Maurício Souza Alves, de 35 anos, que chegou por trás e deu um tiro à queima-roupa.

Logo em seguida, o atirador entrou no estabelecimento, matou um idoso e tentou fugir, mas foi preso. As causas dos crimes ainda estão sendo investigadas.

Veja o vídeo (crédito: Metrópoles)

Thaynã morava em Guarujá e tinha uma limitação nos movimentos do braço esquerdo por conta de um erro médico durante o seu parto.

Ele começou a treinar jiu-jitsu em 2010, e, quatro anos depois, foi tricampeão brasileiro e mundial, além de conquistar vários outros títulos nacionais e em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.