O triatleta José Hélio, mais conhecido como Junior Tri, de 47 anos, fez um protesto inusitado na Itália, epicentro do novo coronavírus na Europa.

Após viajar com a família ao país no fim de fevereiro para participar de dois eventos, o cearense viu a pandemia aumentar e consequentemente ter as corridas canceladas.

Para piorar, o brasileiro teve o voo de volta, marcado para o dia 3 de março, cancelado e adiado para 19 de maio.

Sem receber ajuda e se mantendo por conta própria desde então, Junior resolveu fazer um protesto via Instagram, onde realizou uma transmissão ao vivo em que percorreu uma maratona dentro do seu apartamento alugado.

Foram cerca de 5 horas para completar 42,270km no imóvel com 70 m² de espaço.

“A maior diferença em relação a uma maratona na rua era a monotonia de ficar indo e voltando dentro do apartamento. Também senti bastante o impacto nas articulações. Imagine que você está dirigindo um carro e precisa frear a cada instante, o cansaço é bem maior. Isso afetou muito o meu tempo de prova, que geralmente é de 3h20min. O que amenizou foi que eu estava com um "radinho", de fones de ouvido, ouvindo música. Estou com três unhas para cair”, contou Junior Tri.

O atleta está isolado em Roma com a esposa, uma das quatro filhas e o cunhado, que estão insatisfeitos na demora de uma resposta das autoridades sobre um retorno ao Brasil.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger