Nesta segunda-feira (16), o veículo TMZ, dos Estados Unidos, noticiou que Rajon Rondo ameaçou a esposa de morte. Ashley Bachelor, inclusive, conseguiu mediada restritiva contra o armador da NBA por conta das agressões que ela e os filhos sofreram.

A mulher de 36 anos relatou que no caso mais recente ela chamou um dos filhos que jogava vídeo game com o pai para lhe ajudar a separar umas roupas e o atleta teve um ataque de fúria, jogando o console na parede, além de quebrar outros objetos da casa.

Na denúncia, ainda consta que o bicampeão da NBA (Boston Celtics 2008 e Los Angeles Lakers 2020) saiu por 15 minutos, mas voltou com uma arma, pedindo que o filho viesse até ele, que estava no quintal de casa.

A esposa disse que ficou sem reação por temer um disparo da arma e teve a ‘sorte’ da chegada dos pais de Rondo na casa.

“Eu estou temendo pela minha segurança e pela segurança dos meus filhos, Rondo tem um histórico de ser volátil, errático, explosivo. Ele é abusivo verbalmente e fisicamente, ele fisicamente agride nosso filho e o chama de ‘bicha’. Ele também xinga nossa filha. Rajon fez várias ameaças à minha vida, dizendo em vários momentos que ele atiraria em mim ou atiraria no meu carro”, declarou.

O armador, hoje no Cleveland Cavaliers, ainda não se pronunciou sobre as denúncias.