Joinville conquista a primeira vitória em casa neste NBB | Foto: Basquete Joinville/Divulgação

Joinville conquista a primeira vitória em casa neste NBB | Foto: Basquete Joinville/Divulgação

Com um primeiro tempo praticamente perfeito, o Basquete Joinville conquistou, na noite desta quarta-feira (7), sua terceira vitória neste NBB. Recebendo o Basquete Cearense, a equipe comandada por Daniel Lazier venceu por 72 a 69 diante do seu torcedor, no Centreventos Cau Hansen.
Com um Mathias forte na defesa apesar de jogar no sacrifício, o Joinville contou com atuação de gala da defesa. Foram 42 rebotes - 14 deles ofensivos -, 7 roubos de bola e 5 tocos. Jefferson Socas anotou um duplo-duplo com 10 pontos e 11 rebotes, Mathias foi o cestinha do Joinville com 14 pontos, seguido de Cook com 13. O cestinha da partida foi Kurtz, do Basquete Cearense, que marcou 20 pontos dos 69 do Carcará.

Com uma mudança no quinteto titular, o Joinville iniciou o jogo com Cook, Felipe Vezaro, Jefferson Socas, Mathias e André Bambu. E iniciou o primeiro período com tudo. O ponto forte dos 20 primeiros minutos foi a defesa consistente, bem posicionada e que praticamente anulava as ações ofensivas do time cearense.

No ataque, uma postura equilibrada, com boa movimentação e trabalho de bola dava aos donos da casa opções abertas, seja para trabalhar o garrafão ou buscar o melhor posicionamento para o chute de três. Assim, o Joinville começou a construir sua vantagem. Além disso, as recuperações de bola foram fundamentais.

No primeiro período, Daniel Lazier começou a rotação da equipe com pouco mais de 6 minutos. O Joinville abriu 10 pontos de vantagem com mais de três minutos para encerrar o período. Atrás no placar, o Basquete Cearense se mostrava nervoso e sem espaço graças a boa marcação joinvilense.

Para fechar, no estouro do cronômetro, Colimério em belo chute de três pontos levantou a torcida e garantiu a boa vantagem, fechando os 10 primeiros minutos com o placar de 22 a 11.
No segundo período, novamente o Joinville entrou com uma defesa forte, forçando o Basquete Cearense e garantindo boas recuperações de bola. Contando com a sempre quente mão de Weihermann, a equipe joinvilense continuou soberana em quadra. Mas nem só de belas cestas vive o time da casa e Weihermann e Mathias garantiram a euforia da torcida com dois tocaços em sequência.

Vezaro, Cook e Bambu também deixaram as suas bolas de longa distância. Com um belo trabalho, rodando a bola no ataque, o Joinville garantiu a vitória no segundo período com parcial de 23 a 22 e indo ao vestiário com 45 a 33 no placar e um aproveitamento de 50% nas bolas de 3 pontos e mais de 87% nos lances livres. O primeiro tempo também se destacou pelo número de roubos de bola, foram 3 para os joinvilenses, sendo 2 de Jefferson Socas.

Na volta dos vestiários, o Joinville se complicou. Diferente do primeiro tempo, a equipe pecou na defesa e não conseguiu manter a boa pressão. O Basquete Cearense aproveitou o descuido e tirou a diferença, contando ainda com decisões equivocadas da equipe joinvilense no ataque, que forçava bolas do perímetro sem conseguir convertê-las.

Apesar de lances que levantaram a torcida, como a bela fintade Cook que deixou o adversário sentado em quadra e a enterrada de Colimério que incendiou o Centreventos, o Joinville viu a diferença diminuir. O Basquete Cearense fechou a parcial em 14 a 20, mas o placar continuava a favor da equipe da casa: 59 a 53.

Apesar de estar visivelmente no sacrifício, Mathias mostrou, mais uma vez, o poder defensivo dentro de quadra e a eficiência ofensiva no momento certo. Recuperando bolas e acertando os arremessos de quadra, o pivôfoi fundamental para a equipe e no último período não foi diferente.

Com a pressão de manter o placar e o adversário encostando, o Joinville tentou manter a forte marcação do primeiro tempo, mas pecava no garrafão. Porém, se redimia roubando bolas e aproveitando muito bem a rotação.

O placar apertado seguiu até os segundos finais, quando estourado em faltas, as equipes foram para a linha do lance livre e a história terminou melhor para o Joinville, apesar de a parcial ter sido cearense ( 13 x 16). Com o cronômetro zerado, vitoria joinvilense por 72 a 69.

O Joinville agora volta as atenções para o Estadual que será definido nos próximos dias 9 e 10.
Pelo NBB, a equipe retorna à quadra na próxima terça-feira (13), às 19h, quando recebe o Bauru, no Centreventos.