"Se a gente não jogar coletivo, ninguém aqui vai ganhar o jogo". A bronca do técnico Daniel Lazier antes do início do quarto período dá o tom de como foi o jogo na noite desta sexta-feira (23), no Centreventos Cau Hansen. Mal defensivamente e ineficiente no jogo coletivo, o Basquete Joinville foi derrotado pelo Brasília por 84 a 77 e acabou com a sequência de vitórias em casa.

Nezinho, muito bem nas bolas de três, foi o cestinha da partida com 25 pontos. Pelo lado joinvilense, Vezaro anotou 19 pontos e Cook e Bambu fizeram 13 cada um.

O Joinville iniciou com a formação que vem sendo titular neste NBB: Cook, Vezaro, Mathias, Bambu e Socas. No banco, à disposição estava o ala Laster, que teve a documentação regularizada. Precisando se recuperar na competição, o Brasília iniciou bem o jogo, apostando em bolas de longa distância e vendo os donos da casa pecarem no garrafão. Assim, os visitantes conseguiram abrir cinco pontos de vantagem nos três primeiros minutos.

Empurrado pela torcida, o Joinville apostou no jogo coletivo para retomar o fôlego depois de uma boa roubada de bola e uma bela cesta de três pontos de Felipe Vezaro. Anton Cook tratou de conseguir a vantagem para o Joinville, que logo iniciou a já tradicional rotação da equipe.
A entrada de Vezarinho deu novo gás para o time . O camisa 4 levantou a torcida com uma bela bola de três de muito longe. Vezarinho, ao lado do irmão Felipe foram os nomes do primeiro período, cada um com cinco pontos cada e Cook na cola, com quatro.

Apesar de começar bem o segundo período com boas bolas de Bambu, Vezaro, Vezarinho e Cook, o Joinville viu o Brasília correr atrás da desvantagem e foi das mãos de Zach Graham que saiu a bola de três pontos que virou o placar para os visitantes. Zach ainda anotou mais uma bola do perímetro, colocando o Brasília em vantagem com poucos segundos no relógio.

Foi aí que o jogo coletivo e a tranquilidade de Cook garantiram o empate. Em boa jogada, a bola sobrou mas mãos do ala que no estouro do cronômetro teve calma para arremessar a bola do empate levando o jogo para o intervalo com 37 a 37 no placar. Foi Cook, inclusive, o cestinha do segundo período, com oito pontos, seguido de Zach Graham com seis 3 e Vezarinho com cinco.

Se a ida para o intervalo foi com o placar idêntico, os primeiros minutos do terceiro período já mostravam como seria os segundo tempo. Com três minutos de jogo, o Brasília já havia roubado a vantagem para si.

Apostando e bem nas bolas do perímetro, os visitantes construíram uma boa vantagem, contando com muitos erros de passe e de execução de jogadas no ataque joinvilense. Apesar das bolas de três de Vezaro, Vezarinho e Socas no final do quarto, o Brasília manteve uma boa distância no placar, fechando a parcial em 27 a 20 e com o placar em 57 a 64.

A bronca do técnico Daniel Lazier foi dura. "Nem você, nem você e nem você vai ganhar o jogo sozinho", disse apontando para seus atletas e pedindo pelo jogo coletivo que levou a equipe às vitórias até este momento. Ainda contando com as bolas de longa distância, o Brasília abriu logo se cara 10 pontos de vantagem e tinha em Nezinho a certeza de eficiência.

Muito mal defensivamente, o Joinville via o Brasília se afastar cada vez mais no placar, chegando a abrir 14 de frente. Após boas bolas de três pontos de Vezaro e Bambu, a torcida tentou incendiar o Centreventos e empurrar o time para a virada, mas atrás no placar, o Joinville passou a forçar e errar as bolas do perímetro. O Brasília tinha a tranquilidade do placar favorável e administrou os minutos finais e saiu com a vitória por 84 a 77.

O Joinville volta à quadra no dia 6 de dezembro, quando enfrenta o Mogi, fora de casa.

--

Quer receber as notícias no WhatsApp?