Partida aconteceria neste domingo (6), na Arena Condá | Foto Márcio Cunha/Chapecoense
Partida aconteceria neste domingo (6), na Arena Condá | Foto Márcio Cunha/Chapecoense

O técnico Rodrigo Santana já tem a estratégia definida para a estreia do Avaí na retomada do Campeonato Catarinense. O comandante avaiano acha que o time precisa ser cirúrgico neste confronto de quartas de final diante da Chapecoense, nesta quarta-feira (8), na Arena Condá, às 20h30min.

A partida marca a estreia do volante Ralf, contratado durante o recesso e que chega com a marca de mais de 400 jogos pelo Corinthians, além de título como o Mundial Interclubes; Libertadores; Brasileiro e Paulista.

 

Ralf, que estreia no Avaí, treinou em Chapecó | Foto André Palma Ribeiro/Avaí FC

 

Segundo Rodrigo, a preparação foi muito boa, apesar das dificuldades em treinar fora das instalações do clube (o Avaí teve que treinar em Palhoça, porque não teve os gramados da Ressacada liberado pela prefeitura da Capital), mas os atletas estão focados em buscar um bom resultado que mantenha a equipe viva para o jogo de volta, na Ressacada.

“Estamos prontos, fizemos uma preparação voltada para o dia 8, no retorno do Estadual, um jogo importante, um clássico que decidiu o campeonato ano passado. Mas nosso grupo está muito focado e concentrado, pois o primeiro jogo fora exige atenção. Esperamos fazer um grande jogo para decidir em casa”, disse Rodrigo Santana.

 

Rodrigo Santana acha que time tem que ser cirúrgico | Foto André Palma Ribeiro/Avaí FC

Melhor campanha

O Avaí fez a melhor campanha na primeira fase e precisa confirmar a sua boa evolução na sequência da competição, mesmo que tenham passados mais de 100 dias desde o jogo diante do Concórdia, em março.

Sobre o confronto com a Chapecoense, Rodrigo disse que todas as informações necessárias foram passadas aos atletas para que não sejam tomados de surpresa. O importante, disse, é manter a concentração. “Em jogo de mata mata, quem erra menos é o que vence e nem sempre quem joga mais. Mas a confiança nossa é grande e o respeito ao adversário será fundamental”.

 

Chape joga favoritismo para o Avaí

O técnico Umberto Louzer acredita numa boa apresentação da Chapecoense, mas questionado sobre o favoritismo para o confronto, Louzer analisou o contexto e a melhor campanha obtida pelo Avaí na primeira fase da competição. Porém, enfatizou que, agora, inicia-se uma nova etapa do estadual.

“Tecnicamente e fisicamente chegamos bem preparados. Tivemos um período interessante para trabalhar esses aspectos. Mas levando em consideração o contexto, podemos dizer que o Avaí é favorito”.

 

Foto Divulgação/ A. Chapecoense F.

Prováveis equipes

Chapecoense - João Ricardo; Ezequiel, Joilson, Luiz Otávio e Alan Ruschel; Willian Oliveira, Anderson Leite e Denner; Paulinho Moccelin, Matheus Ribeiro e Anselmo Ramon. Ténico – Umberto Louzer.

Avaí - Lucas Frigeri;Arnaldo, Betão, Airton e Capa; Ralf, Pedro Castro e Valdívia; Vinícius Jaú, Jonathan e Rildo. Técnico – Rodrigo Santana

Arbitragem - Rafael Traci ; com Helton Nunes e Eder Alexandre.

Horário – 20h30min.

Local – Arena Condá.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp