O técnico Geninho mudou o Avaí, trocou o goleiro, escalou três zagueiros e mesmo assim perdeu por 3x0 para o Juventude, na noite desta terça-feira (20), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time catarinense caiu para a 8ª posição, com os mesmos 23 pontos, e com o risco de perder até três posições na tabela de classificação até o final da rodada. O time gaúcho subiu para a 5ª colocação, com 27 pontos.

Esquema com três zagueiros não funcionou e Avaí perdeu para o Juventude | Foto Arthur Dallegrave/ECJ

 

Começo promissor

O começo de jogo até que foi promissor para o Avaí. Mesmo com esquema que aparentava retranca, o time foi ao ataque e criou chances. Mas bastou um erro para que o Juventude armasse um contra-ataque e Breno Lopes abrisse o placar aos 35 minutos.

 

Em três contra-ataques o Juventude venceu o Avaí | Foto Arthur Dallegrave/ECJ

Falhas repetidas

No segundo tempo, o cenário se repetiu. O Avaí foi ao ataque, mas deixou espaços e bastaram duas falhas para que, em dois contra-ataques, o Juventude fizesse mais dois gols – aos nove, de novo com Breno Lopes; e aos 15, com Dalberto.

O Avaí ainda tentou criar chances para diminuir, mas esbarrou em suas falhas técnicas e amargou a 8ª derrota em 17 jogos na Série B.

Avaí cai na tabela após perder para o Juventude | Foto Arthur Dallegrave/ECJ

 

Próximos jogos

Na próxima rodada, o Avaí vai a Campinas (SP), enfrentar o Guarani, neste domingo (25), às 18h15min. Já o Juventude joga no mesmo dia e no mesmo horário contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli.

 

Mudança de esquema não deu certo e Avaí perdeu para o Juventude | Foto Arthur Dallegrave/ECJ

Ficha Técnica

Juventude 3 - Marcelo Carné; Wellignton Silva (Luís Ricardo), Genílson, Nery Bareiro e Eltinho; Gabriel Bispo (Wallace Tarta), Gustavo Buchecha, Capixaba (Rafael Silva), Cajá e Breno Lopes (Carlos Eduardo); Dalberto. Técnico - Pintado.

Avaí 0 - Gledson; Felipe, Alan Costa, Betão, Airton (Vinicius Jaú) e João Lucas; Ralf (Luan Silva), Pedro Castro e Valdívia (Renatinho); Getúlio (Tucão) e Gastón (Ronaldo). Técnico - Geninho.

Gols – Breno Lopes, aos 35 do 1º tempo. – Breno Lopes, aos 9, e Dalberto, 15 do 2º tempo.

Cartões amarelos – Wellington Silva, Gustavo Buchecha (J). Gastón (A).

Arbitragem - Grazianni Maciel Rocha (RJ); auxiliado por Luiz Claudio Ragazone (RJ) e Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ).

Local - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp